Faça uma simulação com o Pravaler Icone seta
3 passos para uma redação perfeita 3 passos para uma redação perfeita

3 passos para uma redação perfeita

Como tudo na vida, para fazer uma boa redação é preciso prática e é assim com todo mundo. Ninguém nasce sabendo e o aprendizado exige muita dedicação. Para que você consiga fazer uma redação perfeita, é preciso, antes de tudo, dominar o assunto sobre o qual você está escrevendo – ou seja, possuir conhecimento para poder argumentar os seus pontos de vista no papel e defender seus argumentos.

A maior parte das segundas fases dos vestibulares exigem que o estudante faça uma redação. Tão temida por alguns, esta prova exige leitura, conhecimento, vocabulário e boas ideias. Por isso, é importante conhecer a estrutura da dissertação para fazer textos completos, bem esquematizados e criativos.

Não existe uma fórmula para compor uma redação perfeita, mas com os passos a seguir é possível que você melhore (e muito) a média. Confira!

Como fazer uma boa redação

Se você quer saber como fazer uma boa redação, a primeira coisa é esquecer o mito de que somente algumas pessoas levam jeito para escrever e são capazes de tirar notas boas. Portanto, saiba que para tirar a nota máxima em uma redação, basta seguir os critérios da equipe avaliadora.

Existem muitos detalhes importantes que, quando seguidos, fazem a redação receber uma excelente nota, mesmo que o texto não seja revolucionário. Os corretores não estão procurando um texto inovador, mas sim um texto organizado, coerente e fiel ao tema.

Vamos abordar aqui esses detalhes e provar como qualquer pessoa pode ir muito bem na redação, mesmo que ainda não tenha muita prática na escrita. Vale a pena destacar que o texto dissertativo argumentativo costuma ser o mais cobrado nas provas de vestibulares e concursos, e por isso vale uma atenção especial a ele.

Veja a seguir os três passos para fazer uma redação perfeita no vestibular ou no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

1 – Tenha a leitura como um hábito

É essencial que, antes de querer fazer uma boa redação, você tenha a leitura como um hábito. Ler é um treino em que você exercita a prática pela observação a partir da redação de terceiros.

A leitura ajuda não somente na formação do conhecimento – essencial para quem deseja fazer uma boa redação -, mas também na fixação de formas estruturais, no enriquecimento do vocabulário e na identificação das articulações de um texto. Portanto, leia. E quando acabar, leia de novo.

ENAE - O maior pré-Enem gratuito do Brasil

2 – Divida a redação em etapas

Basicamente, para fazer uma redação é necessário estruturar o texto adequadamente. Para isso, você vai começar colocando no papel algumas ideias simples que você teve para escrever seu texto. Depois de escrever as primeiras ideias, você vai estruturar essas frases no formato solicitado no exame. Essa estrutura é a organização do que será escrito.

Uma boa redação é dividida em introdução, desenvolvimento e conclusão. Então vamos ver como fica essa organização:

• Introdução: É um parágrafo de duas a três frases apenas, onde irá constar o apenas o básico, dizendo do que vamos falar na redação.
• Desenvolvimento: É nele que você vai argumentar, discutir o tema da redação e pode conter de dois a quatro parágrafos.
• Conclusão: É um parágrafo de dois, três ou quatro para o fechamento do texto.

Para facilitar, faça algumas perguntas para criar a introdução, o desenvolvimento e a conclusão.

A introdução pode ser feita a partir da seguinte pergunta em relação ao tema: “o que eu penso sobre isso?”

O desenvolvimento pode ser obtido por meio das perguntas: “como posso provar isso?”, “Quais as causas disso?”, “Quais as consequências disso?”, “Como isso acontece?”, “De que forma posso realizar isso?”.

E a pergunta da conclusão é: “Que lição pode ser tirada disso?”

A partir dessas respostas é que você vai organizar sua redação. Repare que estamos dividindo a redação antes de começá-la, isso é muito importante.

Os avaliadores não enxergam a redação como um único texto fechado e compacto, eles analisam o texto por etapas, por isso que você deve se preocupar com cada uma dessas etapas, para garantir que todas estão atendendo ao que eles esperam.

3 – Anote as ideias principais que servirão como argumentos

Antes de começar um texto, é muito útil escrever em uma folha algumas informações sobre o tema proposto. Depois que você o interpretar, a primeira coisa que se deve fazer é anotar alguns fatos e argumentos que você conhece sobre, em frases simples e não muito elaboradas.

Isso tem um motivo: a ideia é que você coloque no papel a informação exatamente do jeito que ela veio à sua cabeça. Nesse momento, não se preocupe com a estrutura do texto, nem com a perfeição das frases, pois se você ficar travado, sem conseguir se expressar no papel, corre o risco de perder um bom argumento, além de perder muito tempo.

Provavelmente você já vai estar nervoso com o vestibular, então esse é mais um motivo para executar essa etapa com tranquilidade, apenas anotando ideias livremente.

O propósito aqui é simples: coloque no papel aquilo que veio à cabeça, pois estamos apenas construindo nossos pilares. O próximo passo vai ser organizar os argumentos criados.

Não se esqueça, não há mistérios para uma boa redação, mas sim caminhos pelos quais é preciso seguir para chegar lá. Dedique-se e acredite no seu potencial, porque o resultado vem!

Texto escrito por: PRAVALER
x

As principais notícias sobre educação na sua caixa de e-mail. Cadastre-se já!

Saiba mais

Pesquisar

Artigos Relacionados

Pensamos na sua privacidade

Usamos cookies para que sua experiência seja melhor. Ao continuar navegando, você está ciente dos nossos Termos e Políticas.

CONTINUAR