Faça uma simulação com o Pravaler Icone seta
Saiba como quitar as dívidas com os bancos e saia do vermelho! Saiba como quitar as dívidas com os bancos e saia do vermelho!

Saiba como quitar as dívidas com os bancos e saia do vermelho!

Existem coisas satisfatórias na vida, e estar em dia com as contas é uma delas. Ter uma vida financeira organizada é o sonho de boa parte dos brasileiros, no entanto, sabemos que nem todas as pessoas conseguem manter seus gastos de acordo com a sua renda.

Claro que alguns fatores contribuem para o cenário de endividamento, como por exemplo a instabilidade econômica do país. É nesse momento que um planejamento financeiro faz todo sentido, pois organizar as suas finanças pode ser crucial para quitar as dívidas com os bancos.

Hoje vamos compartilhar dicas importantes para você sair do vermelho e conseguir, de uma vez por todas, ter uma noite de sono mais tranquila. Vamos nessa? Boa leitura!

O que acontece se ficar devendo para o banco?

Ficar em débito com bancos e instituições financeiras pode ter várias consequências, dependendo do tipo de dívida, valor e principalmente das políticas de cada um deles.

Uma das consequências mais comuns é a notificação de cobrança excessiva, além dos juros de mora que podem ser adicionados à dívida, aumentando, ainda mais, o valor que você deve.

A inadimplência com o banco pode acarretar restrições de crédito, isto é, você não consegue solicitar cartão, empréstimos e financiamentos. Além disso, em alguns casos, como por exemplo dívidas substanciais, o banco pode mover ações legais para recuperar o dinheiro que você deve.

Ligar para terceiros e perda de conta bancária também são outras consequências que você pode enfrentar ao ficar devendo para a instituição financeira. É claro que essas práticas podem variar de banco para banco. Portanto, o recomendado é entrar em contato com as instituições para discutir a sua situação e encontrar o plano mais viável para quitação desses débitos.

Como lidar com as dívidas bancárias?

Essa é uma tarefa que pode ser um tanto desafiadora, mas é importante enfrentar a situação de forma responsável, só assim será possível recuperar o controle de suas finanças. A seguir você confere algumas dicas que podem te ajudar a lidar com dívidas bancárias:

Analise a sua situação financeira

Antes de tomar qualquer decisão, avalie sua situação financeira. Faça uma lista com todas as suas dívidas bancárias, incluindo empréstimos, financiamentos, cartões de crédito e outras dívidas relacionadas à instituição financeira.

Anote o valor total de débito, acrescente as taxas de juros e os prazos de pagamento de cada dívida.

Tenha disciplina

A recuperação financeira pode levar um tempo, mas com um bom planejamento sólido e consistente, você consegue superar essa dificuldade.

É importante usar a experiência como um grande aprendizado. Entenda o que levou à dívida e trabalhe para não cometer os mesmos erros posteriormente. Não deixe de acompanhar regularmente o seu progresso de quitação das dívidas bancárias. À medida que isso acontece, comemore e celebre suas conquistas, e não esqueça de manter o foco em seus objetivos financeiros.

A verdade é que lidar com dívidas com o banco exige paciência e dedicação, mas saiba que é possível superar e recuperar a sua saúde financeira.

Qual a melhor forma de quitar uma dívida?

A melhor forma de quitar uma dívida depende de inúmeros fatores, incluindo o valor do débito, tipo, sua situação financeira e metas. No entanto, há algumas estratégias que podem ser úteis ao buscar ficar em dia com suas contas.

Priorize suas dívidas de alta taxa de juros

Comece suas dívidas por aquelas que têm as taxas de juros mais elevadas, como por exemplo os cartões de crédito. Pagar essas dívidas primeiro pode economizar um bom dinheiro a longo prazo.

Entre em contato com o banco

Agora é hora de negociar! Entre em contato com a instituição financeira para discutir as suas dívidas. É possível que você encontre bons acordos ou não. Em alguns casos, eles podem estar dispostos a renegociar as condições do empréstimo, reduzindo as taxas de juros ou estabelecendo uma estratégia para pagamento dos débitos.

Importante que esse acordo atenda a sua atual situação financeira. Nada adianta fechar um plano que não faça sentido para o seu orçamento. 

Consolide suas dívidas

Se você tem mais de uma dívida de cartão de crédito ou empréstimo, por exemplo, tente consolidá-los em uma única cobrança com uma taxa de juros mais baixa. Isso pode facilitar o gerenciamento dessas dívidas.

Elabora um orçamento

Criar um orçamento pessoal é crucial! Nele você consegue detalhar todas as suas fontes de renda e despesas mensais, e, a partir disso, passa a  visualizar de forma ampla as áreas em que você pode cortar gastos para liberar mais dinheiro e assim, quitar suas dívidas com o banco.

Não faça mais dívidas

Durante a quitação da dívida com o banco, evite acumular mais dívidas bancárias ou usar cartão de crédito de forma irresponsável. Corte totalmente os gastos supérfluos, assim, você consegue economizar dinheiro e, quem sabe, adiantar mais outras dívidas.

Como quitar dívidas com pouco dinheiro?

É possível quitar dívidas com pouco dinheiro? A resposta é sim, no entanto, pode ser um pouco mais complicado do que se espera. Existem algumas estratégias que podem tornar isso possível, mas disciplina e comprometimento são dois fatores cruciais para essa jornada.

A primeira dica é entrar em contato com os credores para discutir opções de negociação. Tente optar por alternativas que reduzam as taxas de juros ou planejamento a longo prazo, com números maiores de parcelas que caibam no seu orçamento.

Use de recursos extras, ou seja, guarde todo e qualquer dinheiro a mais que você receber, seja ele um bônus, restituições de impostos, renda adicional, entre outros. Além disso, considere vender bens que você não precisa ou não utiliza mais, como roupas, eletrônicos, móveis ou outros itens.

E claro, evite gastos desnecessários enquanto estiver pagando dívidas. Concentre-se, sobretudo, em suas necessidades básicas. E se precisar, busque por orientação profissional. A jornada para quitar dívidas com banco pode ser longa e desafiadora, mas não desista. Permaneça motivado e celebre suas pequenas conquistas.

Até a próxima!

Texto escrito por: Prasaber
x

Estude o que sempre sonhou com o financiamento estudantil.

Faça faculdade pagando menos por mês com o Pravaler.

Pesquisar

Artigos Relacionados

X Assine nossa newsletter