Faça uma simulação com o Pravaler Icone seta
Conheça as 10 áreas de Odontologia mais bem pagas do mercado Conheça as 10 áreas de Odontologia mais bem pagas do mercado

Conheça as 10 áreas de Odontologia mais bem pagas do mercado

Grande parte dos estudantes de Odontologia e até mesmo profissionais que já estão formados, se perguntam frequentemente qual é a especialidade mais bem paga no mercado de trabalho, e se você é uma dessas pessoas, este post é para você!

A graduação no curso de Odontologia nem sempre é o suficiente para ter uma carreira profissional promissora na área. E o dentista que busca destaque no mercado e deseja oferecer um trabalho de qualidade, já deve ter em mente que apenas a formação não basta. É muito importante que o profissional esteja constantemente atualizado sobre as novidades e necessidades do mercado para a área de atuação.

Para você que ainda está em dúvida de qual área de Odontologia seguir, não se preocupe. Neste artigo separamos as 10 áreas mais promissoras e bem pagas no mercado de trabalho. Aproveite a leitura!

Quais são as principais áreas de Odontologia?

Por si só, a Odontologia é uma profissão bem requisitada e, além disso, lucrativa. Segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), a Odontologia está no ranking das 10 carreiras mais bem pagas do país, com a média salarial de R $3.918,75. O setor é responsável pelo tratamento de problemas que envolvem a boca, pescoço e face. Além disso, este profissional restaura, limpa, extrai dentes, aplica próteses e faz cirurgias.

O número de novos dentistas crescem a cada ano, bem como a procura pelo curso superior. Mas como já mencionamos anteriormente, apenas a graduação na área não basta. Para prosperar na carreira, é muito importante acertar na escolha da especialidade odontológica.

Por ser considerada uma profissão tradicional, a Odontologia possui diversos segmentos que trazem ótimas oportunidades. Pensando nisso, separamos os principais setores da Odontologia que estão em alta procura no mercado de trabalho para ajudar na sua tomada de decisão, bora lá?

  • Clínico Geral
  • Dentística ou Odontologia Estética
  • Endodontia
  • Implantodontia
  • Ortodontia
  • Odontologia Legal
  • Odontopediatria
  • Periodontia
  • Radiologia Odontológica

Antes de decidir qual área de Odontologia seguir, deve-se considerar duas questões: primeiro, se a especialização profissional é algo que você gosta e simpatiza, afinal, ser apaixonado pelo que faz, fará com que sua carreira seja um sucesso. Segundo, se a especialidade que deseja é lucrativa.

Mas atenção: visar apenas o lucro pode ser um caminho perigoso. Isso não se aplica apenas à Odontologia, mas em qualquer profissão. Quando o profissional não faz o que gosta, as chances do seu negócio dar errado aumentam consideravelmente.

Tenha em mente que, quando trabalhamos na área que gostamos, é natural que a dedicação para aquilo seja maior, consequentemente irá realizar um trabalho de qualidade para seus clientes, passará a receber mais indicações, logo, seu lucro será superior. A lógica é simples.

Áreas de Odontologia mais bem pagas

Contudo, nem sempre as áreas mais procuradas quer dizer que são as mais bem pagas. Além disso, existem outros ramos da Odontologia que não são muito conhecidos e nem explorados, mas possuem sua particularidade e são fundamentais para a saúde bucal e bem-estar das pessoas.

Diante de tantas alternativas que este segmento e carreira proporciona, é comum ficar em dúvida na hora de escolher, afinal, estamos falando do seu futuro profissional. Por isso, a melhor decisão é analisar todas as opções detalhadamente com calma. Se um dos fatores que você leva em consideração é o ganho salarial, continue a leitura.

A seguir, listamos as 10 áreas mais bem pagas da Odontologia no mercado. Em ordem decrescente, do maior ganho ao menor, acompanhe:

Carreira Pública

O profissional de Odontologia que deseja ter a maior remuneração do mercado de trabalho, deverá optar por atuar no setor público. Atualmente, a média salarial pode chegar até R $20 mil, dependendo do cargo. Aliás, é uma ocupação que apresenta boa estabilidade de carreira, diferentemente do setor privado que sofre suas variações.

Basicamente, assim que formado, é possível prestar provas de concursos públicos para trabalhar em diferentes órgãos do governo, como na Força Aérea Brasileira, Marinha do Brasil, Exército, entre outros.

Os cargos públicos para dentistas podem ser efetivos ou temporários, dependerá do edital da prova prestada. Além disso, essas ocupações contam com salários e cargas horárias variadas.

Profissionais com mestrado e doutorado também podem prestar concurso público para atuar como professor universitário, e o teto salarial pode atingir até R $16 mil.

Estratégia da Saúde e da Família e Saúde Coletiva

O profissional que ingressar a equipe de Estratégia da Saúde e da Família (ESF), deverá atuar com atenção básica nos postos de saúde e realizar atendimento à população através do Sistema Único de Saúde (SUS), além de desenvolver campanhas de promoção e prevenção à saúde bucal junto a equipe multiprofissional.

Para trabalhar no SUS, o profissional deverá se especializar em Saúde Coletiva com ênfase em saúde da família e comunidade, que tem duração média de 12 meses. O dentista que trabalha no ESF ganha em média de R $4.412,58 a R $5.839,68.

Odontogeriatria

O dentista especializado em Odontogeriatria tem como principal função o atendimento direto aos pacientes idosos, desenvolvendo trabalhos de prevenção e tratamento à saúde bucal, já que pessoas mais velhas possuem patologias diferentes de pessoas mais jovens. Além disso, durante sua especialização, o profissional é desenvolvido na prática como atender e lidar com este público a fim de prestar um bom atendimento e trazer mais qualidade de vida a esta população.

A pós-graduação em Odontogeriatria tem a duração de 18 meses . O piso salarial para esta área da Odontologia é de R $4.969,19, podendo atingir o teto de R $9.232,37.

Dentística ou Odontologia Estética

Para quem gosta da área de estética, mas quer atuar no campo da Odontologia, com certeza a Dentística é uma excelente opção. Aliás, é uma especialização que vem ganhando bastante destaque nos últimos tempos. O profissional especializado neste segmento é responsável principalmente por orientar os pacientes sobre hábitos de higiene.

Algumas das atividades desempenhadas pelo dentista deste setor são procedimentos estéticos, como colocação de facetas dentárias, lentes de contato, clareamento, além disso, também atua na remoção de cáries, já que uma das suas atribuições é restabelecer o bom funcionamento dos dentes. A duração da pós-graduação em Odontologia Estética é de dois anos.

O salário médio desta especialidade é de R $4.279,76.

Odontologia Legal

Além de ser uma das áreas da Odontologia que está mais em alta, a Odontologia Legal tem uma importância diferente no ramo e é considerada recente. O profissional deste segmento tem como função realizar perícias e exames, e trabalha junto a Medicina Legal e Criminalística. Os laudos realizados por este especialista são essenciais para criação de atestados. Um dos exemplos mais simples é a análise de arcadas dentárias para reconhecimentos de vítimas de assassinatos, acidentes ou crimes.

A pós-graduação em Odontologia Legal tem a duração de um ano e meio, e seu piso salarial é de R $4.121,56, podendo chegar até R $9.232,37.

Traumatologia Bucomaxilofacial

O profissional especializado em Traumatologia Bucomaxilofacial atua principalmente em ambulatórios ou hospitais, com procedimentos cirúrgicos a fim de corrigir traumatismos do rosto, ou doenças congênitas, tumores, enxerto, reconstrução da face, entre várias outras atividades.

Para quem busca um campo de trabalho com cirurgias mais complexas, esta é a área perfeita. Contudo, está entre as especializações mais longas, com duração média de quatro anos. A base salarial deste profissional inicialmente é de R $3.927,00, mas pode chegar a R $10 mil por mês, a depender da experiência no mercado.

Clínico Geral

Este é um setor da Odontologia muito comum, pois ele trabalha diretamente com os primeiros cuidados com a boca, como realização de tratamentos de cáries, limpeza, tártaro e restauração caso necessário. Também observa as bochechas, a língua, com o intuito de identificar outros problemas que podem ser solucionados em uma única consulta.

O clínico geral é basicamente o primeiro contato do paciente, podendo encaminhar para outros especialistas se for o caso. Poderá atuar em clínicas particulares, hospitais, postos de saúde e até em escolas. Além disso, nada impede que um dentista clínico geral tenha outras especializações em Odontologia. O piso salarial deste profissional é de R $3.918,75.

Endodontia

O dentista especializado em Endodontia é responsável por tratar alterações nas estruturas internas dos dentes, como polpa dentária e a raiz, e realizar diagnósticos e tratamento de canal.

A importância desta área de atuação inclui a prevenção de outras doenças que não estão relacionadas à saúde bucal do paciente, mas sim cerebrais, musculares e cardíacas. A especialização em Endodontia tem a duração de dois anos. O piso salarial desse campo da Odontologia é de R $3.881,35.

Implantodontia

Basicamente, como o próprio nome já diz, o dentista especializado em Implantodontia tem como principal função realizar a colocação de implante de próteses, sejam eles totais, parciais ou removíveis. É também papel deste profissional realizar a restauração do tecido ósseo e fazer cirurgias.

A implantodontia conta com um grande avanço tecnológico, já que todas as técnicas de implante vem se inovando a cada dia. Para se especializar neste campo, o dentista deverá também entender sobre os materiais de implante. A pós-graduação em Implantodontia é de dois anos.

O salário médio deste setor é de R $3.722,08, podendo sofrer variações no mercado a depender do local de trabalho.

Ortodontia

Como uma das especializações mais longas da Odontologia, com duração de três anos, a Ortodontia é uma área especializada em trazer bem-estar e qualidade de vida para os pacientes. Este ramo lida diretamente com a correção de dentes e maxilares, além de diagnóstico e prevenção.

Assim como a Implantodontia, a Ortodontia também conta com o grande avanço tecnológico, e além do tradicional aparelho ortodôntico fixo metálico, existem hoje outros diversos tipos, como alinhadores, expansores e aparelhos estéticos. Isso faz com que seja um setor da profissão que tenha uma grande procura.

A base salarial deste segmento da Odontologia é de R $3.350,19.

Como se especializar em Odontologia?

Cada vez mais a procura por atendimento odontológico cresce, seja para tratamento ou estética. Para atender esta demanda, é muito importante que o dentista além de ser qualificado, esteja preparado, buscando sempre se aprimorar frente às necessidades que a profissão exige.

As especializações na Odontologia preparam o especialista para oferecer o melhor atendimento, tratamento e bons resultados. Vale a pena ressaltar que excelentes profissionais conquistam a confiança do paciente, e faz com que ganhem espaço e destaque no mercado de trabalho.

Pronto, já te apresentamos algumas das possibilidades de carreira que a área da Odontologia oferece. Escolheu sua especialização? O próximo passo é decidir qual instituição de ensino investir seu dinheiro e seu futuro. Agora é com você!

600x158 Odontologia

Texto escrito por: PRASABER
x

As principais notícias sobre educação na sua caixa de e-mail. Cadastre-se já!

Saiba mais

Pesquisar

Artigos Relacionados

X Assine nossa newsletter