Concurso público: tudo o que você precisa sabe


Trabalhar no setor público brasileiro sempre foi sinônimo de estabilidade. Em alguns casos, de alta renda. É por isso que milhares de pessoas participam de inúmeros processos seletivos anualmente, sendo conhecidas como os concurseiros. Esse tipo de estudante passa seu tempo se dedicando não somente a uma prova, mas sim a uma série de exames, visando aumentar suas possibilidades de êxito.

Se você é um dos interessados em passar em concurso público, saiba mais sobre o assunto na sequência.

O que é concurso público?

Para que o ente público tenha como selecionar os candidatos para as vagas que precisam ser preenchidas, ele cria um processo seletivo. Neste, são observadas as capacidades dos concorrentes para que os melhores sejam aprovados.

O principal objetivo do concurso público é selecionar profissionais com critérios e isonomia, valorizando sua capacidade no preenchimento das vagas.

Como funciona?

Tudo começa com a publicação do edital, a ser publicado no Diário Oficial da União e em ao menos um jornal de circulação diária com grande audiência. Neles, serão condicionados o funcionamento das inscrições, as datas das provas, as exigências de cada etapa e os critérios de seleção. Existem concursos de provas e concursos de provas e títulos. Assim, é possível que, de acordo com o que é preciso ser avaliado, o concurso aconteça em mais de uma etapa.

Existe um prazo de validade para o concurso público, que em geral é de no máximo dois anos, mas que pode ser prorrogado. Uma vez aprovado, o candidato pode assumir o cargo ou não. Caso pelo menos um candidato tenha sido aprovado e o prazo de validade do concurso não tenha expirado, um novo concurso não poderá ser feito.

Onde se inscrever?

É preciso acompanhar a publicação do edital. A partir dele é que os diferentes sites e páginas dedicadas a concursos terão como trazer as informações necessárias sobre o processo de seleção. Como destacado, o edital precisa ser, primeiramente, publicado no Diário Oficial da União. Você pode ter acesso a ele conferindo as atualizações dentro do site oficial.

No edital, você terá como saber onde e como fazer a sua inscrição. Em alguns casos, ela pode ser feita diretamente no site da instituição responsável pela prova. Existe também a possibilidade de a inscrição ser aceita somente nos endereços definidos previamente. Neste caso, o candidato precisa comparecer ao local indicado portando seus documentos para finalizar a inscrição.

Caso exista uma cobrança, o candidato poderá pagar no local da inscrição ou emitir um boleto online para pagar a fatura. Somente após a confirmação do pagamento é que o cadastro é liberado.

Existem prazos para as inscrições e para o pagamento das inscrições. Estes, assim como os meios de pagamento e informações relativas à isenção de taxa, são publicados no edital.

Para que o candidato acompanhe a sua situação no processo, ele precisa receber um comprovante de inscrição. Esse documento será útil em ações no site da instituição responsável e demais situações.

Quem pode se inscrever?

A lei de número 9.112/90 especifica as regras para candidatos de concursos públicos de natureza federal. Entre elas estão:

  • nacionalidade brasileira;
  • gozar de direitos políticos;
  • estar em dia com obrigações eleitorais e militares;
  • nível de escolaridade exigido para o cargo;
  • idade mínima de 18 anos;
  • aptidão física e mental de acordo com o cargo;
  • não ocupar posição de gerência ou administração em sociedades privadas, exceto enquanto acionista, cotista ou comanditário.

Municípios e estados também têm autonomia para criar leis sobre o funcionamento de seus próprios concursos. Essa liberdade, no entanto, não pode confrontar o que é estabelecido nos artigos de 37 a 41 da Constituição brasileira, que tratam da administração pública.

O concurso público é pago?

Na maioria das vezes, sim. As instituições responsáveis pelos exames precisam de recursos financeiros não só para fazerem as provas, mas também para manterem sua estrutura de trabalho ao longo de todo o ano, considerando profissionais e materiais. Ainda assim, o candidato pode solicitar a isenção, que geralmente é oferecida sob condições como comprovação de baixa renda, por exemplo.

Como são aplicadas as provas em um concurso público?

Cabe ao órgão público abrir o processo de seleção e informar à empresa que será a responsável quais são as exigências para cada vaga em questão. Essas deverão ser as bases para que seja definido o conteúdo programático da prova. Posteriormente, profissionais da área da educação precisam definir como serão as questões em termos de quantidade, formato e nível. Este dependerá de cada vaga e da concorrência.

As questões precisam ser inéditas. Para tanto, são formadas ao menos duas comissões de especialistas nos assuntos exigidos na prova e cabe a eles elaborar as perguntas. Antes de serem finalizados, os materiais são verificados minuciosamente para garantir que as questões estejam de acordo com o conteúdo programático.

Feito isso, as questões são misturadas e, dentro de um sistema, categorizadas para que sejam selecionadas de acordo com um padrão. Uma vez impressas, elas são embaladas e lacradas, sendo também etiquetadas com a identificação exata da sala onde cada uma será aplicada. Esses documentos são devidamente guardados até o dia do concurso, quando finalmente são transferidos para o local da prova.

Quais questões podem cair na prova do concurso?

Isso depende do edital, mas é possível conhecer as questões que mais aparecem nesse tipo de processo de seleção. Provas de nível fundamental exigem Português, Matemática e Conhecimentos Gerais, enquanto as de nível médio podem, além destas, cobrar conhecimentos de informática. Já as de nível superior, além de todas as citadas, também costumam cobrar temas específicos, em função das vagas em disputa.

Como se preparar para um concurso público?

A dica número um é iniciar a sua preparação antes mesmo da publicação do edital. Alguns concursos são recorrentes, inclusive os que pagam os maiores salários. Por isso, faz muito sentido estar sempre estudando para eles, ainda que a última edição tenha acontecido recentemente ou que não haja previsão para a próxima.

Também é importante se preparar para uma área, não para um cargo em específico. Assim, se você quer uma vaga em Direito, pode se preparar para as provas do segmento e tentar várias vezes.

Você pode estudar como julgar mais adequado. Sozinho ou em grupo, online ou presencialmente. Existem diferentes opções e todas elas podem ajudá-lo. O segredo é fazer a escolha de acordo com o seu perfil para tirar o melhor proveito possível do aprendizado.

Além disso, é preciso seguir um programa. Crie um planejamento e procure acompanhá-lo à risca para garantir a melhor preparação.

Simulado para concurso público

Simulados são recursos muito úteis na preparação para concursos públicos. Eles são desenvolvidos de modo a prever a nova edição de uma prova em função das edições anteriores. Assim, caso o candidato não tenha um bom desempenho em um simulado antes do concurso de verdade, ele terá tempo para tirar dúvidas a respeito de suas deficiências e assim trabalhar em busca da melhora de seus resultados para quando realmente valer a pena.

Assim, o ideal é fazer o simulado como se ele fosse a avaliação de verdade. Com vários testes desse tipo ao longo do ano, será possível se aperfeiçoar naquela prova e assim melhorar seu desempenho.

Cidades mais buscadas para prestar concurso

As grandes capitais costumam apresentar boa oferta de vagas para os concurseiros.

São Paulo

A capital paulista é certamente uma das mais requisitadas pelos candidatos. Além dela, existem boas vagas em municípios como Campinas e Ribeirão Preto.

Bahia

Salvador, Feira de Santana e Santana do Parnaíba são algumas das cidades onde geralmente são publicados editais para o preenchimento de vagas no setor público.

Minas Gerais

Em Minas Gerais, destaque para as vagas em cidades como Belo Horizonte, Contagem e Juiz de Fora.

Concursos públicos mais buscados

Defensoria pública

O defensor público é quem presta serviços jurídicos para quem não tem como arcar com as despesas relativas a eles. Este é um concurso bastante concorrido, principalmente nas grandes capitais.

Ministério público

O Ministério público preserva a ordem jurídica do estado democrático. Existem diferentes cargos no Ministério Público, que pode ser de natureza federal ou estadual. Assim, concursos do MP preenchem vagas de promotor de justiça, juiz de direito, juiz federal, entre outros.

INSS

Outro concurso muito concorrido no Brasil. O INSS lida com questões como a previdência privada. Funcionários podem ser de nível técnico, analista, entre outros, o que torna o concurso atraente para candidatos de diferentes níveis de escolaridade.

Receita federal

O concurso da Receita Federal é bastante conhecido por oferecer salários elevados. As vagas contemplam diferentes regiões fiscais do Brasil, o que representa uma possibilidade para candidatos das mais diferentes localidades. O auditor, por exemplo, tem salário inicial fixado em R$ 20.123,53, que ainda pode aumentar para R$ 27.177,87.

Como saber se passou no concurso?

É preciso conferir no edital como será feita a divulgação dos resultados do exame. Em geral, as publicações aparecem no Diário Oficial da União para a partir de então serem divulgadas em outros meios.

Enfim, é importante que você entenda como funcionam os concursos públicos para se preparar bem para eles. Confira também quais são os próximos concursos públicos com inscrições abertas ou edital lançado.

Compartilhar
Categoria: Ajuda nos estudos
Tags: ENEM ENEM 2019

Pesquisar

Quero receber notícias do PRAVALER

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o PRAVALER em primeira mão.