Faça uma simulação com o Pravaler Icone seta
Curso superior de 2 anos: veja as graduações mais procuradas Curso superior de 2 anos: veja as graduações mais procuradas

Curso superior de 2 anos: veja as graduações mais procuradas

É comum que, ao buscar possíveis cursos para o ensino superior, o estudante opte por graduações que levem menos tempo para concluir, afinal, existem faculdades que podem durar até seis anos. E se nós dissermos que existem cursos superiores com duração de 2 anos, você acreditaria?

Não só existe como é uma excelente alternativa para quem deseja e precisa de uma especialização rápida, mas que tenha a mesma qualidade e reconhecimento dos cursos de bacharelado e licenciatura.

Pensando nisso, preparamos um conteúdo completo com todas as informações que você precisa ter em mente sobre curso superior de 2 anos, além de conhecer algumas opções. Boa leitura!

Faculdade de 2 anos é considerado curso superior?

Ao contrário do que muitas pessoas não sabem, a faculdade de 2 anos é considerada curso superior, e além disso, é reconhecida pelo MEC (Ministério da Educação).

O curso superior de 2 anos é chamado de tecnólogo, e têm as mesmas oportunidades no mercado de trabalho que o curso em bacharel e licenciatura proporcionam, além de possibilitar que o aluno se especialize em pós-graduação.

Para que não haja confusão, vale a pena lembrar que há uma diferença entre o curso técnico e o tecnólogo. Embora a semelhança no nome possa gerar dúvidas, o curso técnico é uma formação profissionalizante de nível médio inferior ao grau do ensino superior, que é o caso do curso de tecnólogo. E como mencionado acima, a sua titulação é reconhecida pelo MEC, dessa forma, é válida para o uso do diploma em todo o território brasileiro.

Quais são os cursos superiores de 2 anos reconhecidos pelo MEC?

Ao decidir fazer um curso tecnólogo, é essencial que você tenha em mente que a grade curricular do curso superior de dois anos não é a mesma do bacharelado. Isso porque, o tecnólogo é totalmente voltado para a profissionalização do estudante, então possui disciplinas mais pontuais. Já a grade de um curso como o de Psicologia, por exemplo, são mais extensas pois possuem matérias complementares à graduação.

Veja também: Quem fez um curso tecnólogo pode fazer pós-graduação?

Mas não se preocupe. As instituições de ensino se preocupam com a formação do estudante, e o principal objetivo ao administrar o tempo de duração, é apresentar um conteúdo que seja completamente voltado e focado para a prática da profissão e no dia-a-dia do profissional.

E para você que ainda está em dúvida de qual graduação em tecnólogo escolher, separamos alguns cursos superiores de dois anos reconhecidos pelo MEC para te ajudar nessa tomada de decisão, confira:

  • Comércio Exterior
  • Comunicação Institucional
  • Design Educacional
  • Design de Interiores
  • Design Gráfico
  • Design de Moda
  • Fotografia
  • Gestão Ambiental
  • Gestão de Turismo
  • Gestão Financeira
  • Gestão Pública
  • Logística
  • Negócios Imobiliários
  • Produção Audiovisual
  • Processos Gerenciais
  • Saneamento Ambiental
  • Segurança no Trânsito
  • Segurança Privada
  • Serviços Penais
  • Transporte Aéreo
  • Transporte Terrestre, entre outros.

A carga horária dos cursos superiores tecnólogos é de 1.600 a 2.400 horas, e variam entre dois e três anos.

Lista dos cursos superiores de 2 anos mais procurados

Se o seu interesse é ter uma formação rápida, mas, ter boas oportunidades de empregabilidade para aumentar a sua renda, saiba que está no lugar certo. Fizemos uma lista dos cursos superiores de dois anos mais procurados que possuem uma grande demanda no mercado de trabalho para te ajudar na sua jornada profissional. Preparado? Confira a seguir.

Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Vamos começar pela graduação em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Este curso é inteiramente voltado a formar profissionais capacitados para projetar, desenvolver e realizar atualizações de sistemas, seja em empresas ou outros setores corporativos, como órgãos públicos, atuando como TI.

A grade curricular, como mencionado anteriormente, é composta por disciplinas focadas na profissionalização e prática do aluno, e para quem optar por estudar Análise e Desenvolvimento de Sistemas, irá se deparar com matérias como: Gestão de Projetos, Banco de Dados, Algoritmos e Programação, Infraestrutura de Redes, entre outros.

É uma área que tem crescido bastante no mercado, e o profissional formado neste segmento ganha em média de R $1915,38, podendo chegar a R $5.057,82 com carga horária de trabalho de 41 horas semanais.

Marketing Digital

Com a alta demanda que o meio digital exige, não seria diferente a crescente procura pelo curso tecnólogo em Marketing Digital. O profissional desta área trabalha com estratégias de campanha de publicidade para produtos ou marcas voltadas completamente ao mundo digital. O estudante que optar por fazer Marketing Digital, encontrará disciplinas como: E-mail Marketing, Comunicação Digital, Estratégias Publicitárias, SEO (Search Engine Optimization), e muitas outras.

Por ser uma das mais requisitadas nos últimos anos, o seu salário vem ganhando valorização cada dia que passa, podendo chegar até R $4.108,00 por 42 horas semanais de trabalho.

Logística

Para quem é do time dos organizados e tem facilidade em resolver problemas, poderá se encontrar facilmente na graduação de Logística. O profissional deste ramo é responsável por realizar todo o planejamento e processo até a etapa final de um produto, mercadoria, transporte, etc.

As principais matérias da grade curricular deste curso são: Consultoria em Atividades Logísticas Planejamento e Programação de Operações Logísticas, Análise e Estudos de Relatórios Logísticos, Gestão da Cadeia de Suprimentos.

O profissional de Logística possui um ganho médio salarial de R $2.079,61 podendo chegar a R $4.916,00 por 43 horas semanais de trabalho.

Gastronomia

Se você curte o processo alimentar, desde a preparação de alimentos até sobre temas voltados à legislação da indústria alimentícia, o curso de Gastronomia pode ser uma ótima alternativa, e sim, ele possui a duração de dois anos. O profissional formado nesta área poderá atuar em locais como bufês, bares e restaurantes.

A grade curricular do curso de Gastronomia possui disciplinas como: Características dos Alimentos, Prática Comportamental, Segurança Alimentar, Processos Industriais, entre muitos outros.

A média salarial no mercado de trabalho para o tecnólogo em Gastronomia é de R $3.270,92, com carga horária de 42 horas semanais.

Estética e Cosmética

E por fim, mas não menos importante, outro segmento que vem ganhando bastante destaque no mercado de trabalho, é a área de Estética e Cosmética. A formação desse curso é focada no conhecimento e prática de procedimentos estéticos faciais, corporais e capilares.

Disciplinas como: Visagismo e Maquiagem, Estética Facial, Corporal e Capilar, e entre muitas outras, são encontradas durante esta graduação. A média salarial do profissional tecnólogo em Estética e Cosmética varia entre R $1.400 e pode chegar até a R $2.770. Legal, né?

Embora a graduação em tecnólogo tenha uma menor duração, como já citamos acima, ela tem a mesma qualidade e reconhecimento quanto uma regular de quatro, cinco ou seis anos. E como vimos, opção é o que não falta.

Se você precisa de uma mãozinha para iniciar seu curso tecnólogo, saiba que pode contar com o Pravaler para financiar seus estudos, ok? Até a próxima!

CTA Simule seu Financiamento Estudantil

Texto escrito por: PRASABER
x

As principais notícias sobre educação na sua caixa de e-mail. Cadastre-se já!

Saiba mais

Pesquisar

Artigos Relacionados

X Assine nossa newsletter