Faça uma simulação com o Pravaler Icone seta
Descubra os prós e contras de trancar a faculdade! Descubra os prós e contras de trancar a faculdade!

Descubra os prós e contras de trancar a faculdade!

Durante o percurso da vida acadêmica, o estudante pode encontrar diversos obstáculos, como problemas financeiros, falta de tempo para conciliar com os estudos, a incerteza quanto à escolha do curso, entre outros tantos motivos que os levam a trancar a faculdade.

Mas, será que esta é a melhor opção? Embora não seja uma decisão fácil de ser tomada, é importante avaliar os prós e contras antes de tomar esta atitude tão significativa para seu futuro acadêmico e profissional.

Pensando nisso, criamos um conteúdo sobre este assunto. Acompanhe o texto!

Como funciona o processo de trancamento de matrícula?

O processo de trancamento de matrícula pode variar entre instituições de ensino superior, já que cada uma delas definem suas regras para o trancamento, mas em média, o prazo para que você possa suspender sua matrícula para decidir se vai retomar o curso em outro momento ou até mesmo mudar, é de dois anos.

Caso o período de dois anos seja ultrapassado, o aluno corre o risco de cair na situação de falta de correspondência, e perder todas as disciplinas que foram estudadas. Isso porque a grade curricular muda regularmente para atender as demandas do mercado e exigências do Ministério da Educação (MEC). Isso quer dizer que a sua formação pode ser afetada e atrasada em decorrência desta mudança.

Em alguns casos, o trancamento de matrícula pode fazer com que o aluno continue pagando as mensalidades. Algumas instituições cobram até para que o estudante pague um certo valor para que sua vaga seja mantida. Em outras situações, caso o pagamento tenha sido feito de forma integral, o aluno pode solicitar o reembolso.

Mas, como já citamos acima, há diversas variáveis quanto ao protocolo de cada universidade, é muito importante que você analise e consulte as normas, caso surja o interesse.

Posso trancar a faculdade a qualquer momento?

Vale a pena lembrar que trancar a faculdade é completamente diferente que abandonar o curso, ok? Estamos falando de uma pausa nos estudos decidida por você por algum motivo. Ao solicitar o trancamento, você manterá vínculos com a universidade, e essa solicitação deve ser renovada semestralmente, caso a faculdade faça essa exigência.

No geral, não é possível trancar a matrícula no primeiro semestre, embora exista casos específicos que são avaliados pela coordenadoria da instituição, como afastamento por problemas de saúde.

Veja também: Descubra como escolher a melhor faculdade!

Se decidir sair no meio ano, poderá tentar alguns acordos com a faculdade e cumprir todos os requisitos necessários e pré-estabelecidos em contrato. Depois disso, você não precisará mais ir até a instituição.

Vantagens e desvantagens em trancar a faculdade

Decidir trancar a faculdade é uma decisão muito difícil, principalmente quando se está em meio ao caos. Mas, você enquanto aluno, deve se perguntar se realmente vale a pena, para que assim, não tome decisões por impulso que possa causar arrependimentos depois.

Crie uma lista com as vantagens e desvantagens de trancar sua matrícula, avalie e analise as melhores opções, afinal, trancar a faculdade pode significar abrir mão de um investimento de tempo e dinheiro. Converse com o corpo docente da sua universidade, busque as melhores alternativas, leve seu medo e insegurança até os professores e coordenadores. Assim, a instituição pode prestar a melhor orientação e apoio pedagógico.

A depender do motivo que tenha ocasionado a sua decisão de trancar a faculdade, é importante que você repense no retorno, afinal, trancar o curso não é abandonar, você não estará desistindo para sempre, e sim, irá interromper por um período.

Principais problemas enfrentados pelos estudantes

Durante a graduação, o estudante precisa ler muitas apostilas, estudar todos os dias, fazer estágio na área para desenvolver as habilidades profissionais. Isso de início pode parecer assustador, porque o ritmo acadêmico no ensino superior é completamente diferente da rotina do ensino médio, por exemplo.

Entretanto, muitos alunos acabam não dando conta de tanta informação, e decidem trancar a faculdade. Embora o aluno consiga se adaptar ao novo ritmo, há outros motivos que levam os universitários a trancar a faculdade, dentre eles estão: falta de tempo para se dedicar aos estudos, dificuldade para conciliar trabalho e faculdade e também falta de dinheiro.

Em qual dessas dificuldades você se encaixa?

Falta de tempo para se dedicar aos estudos

Para quem tem problema com o tempo e não está conseguindo levar a faculdade adiante, o trancamento de matrícula pode ser uma opção válida. Mas, que tal antes de tomar esta atitude, pensar em um novo método para melhorar seu desempenho?

Uma boa estratégia para organizar seu tempo é a criação de um cronograma de estudos, mas para que ele seja efetivo na sua vida acadêmica, é importante que haja disciplina.

Conciliar a faculdade com o trabalho

Outro motivo que leva muitos estudantes a trancar a matrícula é a rotina entre trabalho e faculdade, que por muitas vezes pode se tornar cansativa. Para não desistir no meio deste processo, é necessário muita organização e força de vontade. Então, saber como conciliar trabalho e estudo é essencial, e as dicas são:

  • Administre seu tempo;
  • Faça um planejamento;
  • Nunca deixe nada para fazer no dia seguinte;
  • Cuide da sua saúde física e principalmente mental;
  • Não perca tempo em redes sociais.

Falta de dinheiro para pagar a faculdade

Falta de dinheiro para continuar custeando os estudos é um dos principais motivos para o trancamento de matrículas. Se você se encaixa nesse quesito, não se desespere, há possibilidades para reverter esta situação e pagar a faculdade.

Algumas faculdades oferecem bolsas de estudos. Além disso, existem alguns programas do governo que facilitam e são algumas das opções para que você não precise arcar com as mensalidades, como o Prouni (Programa Universidade para Todos) que oferece bolsas de estudos integrais e parciais para faculdades privadas, e também o Sisu (Sistema de Seleção Unificada), que ao contrário do Prouni, é destinado às universidades públicas.

Também é possível financiar seus estudos, caso as contas estejam apertadas, e o Pravaler te possibilita a continuar seu curso. Se durante o período de rematrícula, você precisar trancar a faculdade por falta de dinheiro, o Pravaler também tem a solução!

O Pravaler é um programa de financiamento estudantil que já ajudou mais de 200 mil alunos em todo o país. Para participar é muito simples, você só precisa saber se a sua instituição de ensino superior é parceira do programa. Caso a resposta seja sim, basta acessar o site oficial do Pravaler!

Botao Simule Financiamento 2

Texto escrito por: PRASABER
x

As principais notícias sobre educação na sua caixa de e-mail. Cadastre-se já!

Saiba mais

Pesquisar

Artigos Relacionados

X Assine nossa newsletter