Faça uma simulação com o Pravaler Icone seta
Orçamento pessoal: aprenda a se planejar Orçamento pessoal: aprenda a se planejar

Orçamento pessoal: aprenda a se planejar

É comum que as pessoas achem que aumentar a renda resolva seus problemas financeiros. A verdade é que o orçamento pessoal é imprescindível, e é somente ele que pode tornar a sua vida financeira mais saudável.

Ter o controle consciente do dinheiro que sai e entra, e, sobretudo, entender quais são os gastos supérfluos não são tarefas tão difíceis e nem precisa ser. Administrar, planejar e, principalmente, controlar o seu dinheiro te dará mais liberdade e vai ajudar a ter uma relação mais sadia.

Foi pensando nisso que preparamos um conteúdo completo com tudo o que você precisa saber para começar a planejar e criar o seu orçamento pessoal. Vamos nessa? Boa leitura!

O que é um orçamento pessoal?

O orçamento pessoal é uma ferramenta financeira que ajuda as pessoas a acompanharem e gerenciarem suas finanças pessoais. Ele é, portanto, um plano que estabelece como você pretende gastar seu dinheiro, levando em consideração suas despesas, rendas e metas.

Ter um orçamento pessoal é muito importante para visualizar, de forma clara, quanto dinheiro você ganha e como o gasta. Isso ajuda a evitar surpresas desagradáveis e, principalmente, manter o controle. Ao criar esse planejamento, você passa a identificar seus gastos regulares, que incluem alimentação, moradia, transporte, entre outros. Ao longo dos dias, você passa a gastar o seu dinheiro de maneira eficiente, descartando gastos supérfluos. 

Qual é o objetivo de um orçamento?

Uma das principais metas de um orçamento pessoal é fazer com que o indivíduo consiga alcançar metas financeiras específicas de forma eficaz. Mas não só isso, como também evitar o acúmulo de dívidas excessivas e permitir que você economize dinheiro para fazer uma grande compra ou investir em oportunidades financeiras, entre muitos outros.

Além das metas materiais, o orçamento pessoal também ajuda a reduzir o estresse financeiro, uma vez que o controle sobre suas finanças evita imprevistos desagradáveis. Em resumo, o orçamento é uma ferramenta fundamental para que você alcance o sucesso financeiro a longo prazo.

Qual a importância de um orçamento pessoal?

Um orçamento pessoal é fundamental e tem uma importância por diversos motivos.

O primeiro deles é ter um controle efetivo sobre suas finanças. Com o orçamento pessoal, é possível conhecer, detalhadamente, suas receitas e despesas. Isso ajuda a evitar gastos impulsivos.

Outro ponto positivo de ter um orçamento, é a liberdade de poder tomar decisões financeiras de forma consciente, e isso inclui grandes compras, investimento com sabedoria e planejamento futuro.

Além disso, esse planejamento ajuda a evitar o acúmulo de dívidas excessivas, permitindo que você planeje e controle seus gastos de acordo com a sua renda. Você também pode economizar um bom dinheiro utilizando essa ferramenta, e, dessa forma, consegue planejar metas a longo prazo.

Viver de acordo com a sua renda evita estresses e situações desagradáveis no seu dia a dia. Pois o orçamento evita que você tenha gastos insustentáveis. Se você já possui dívidas, essa ferramenta permite que você crie um plano para pagá-las e assim, gerenciá-las de maneira eficaz.

Como fazer o orçamento pessoal?

Criar um orçamento pessoal envolve um conjunto de passos, mas nada complicado. Muito ao contrário. Esse planejamento é muito mais simples do que você imagina, e conduzi-lo é mais fácil ainda. A seguir, você confere dicas e passo a passo que vai ajudá-lo a criar o seu orçamento.

Reúna todas suas informações financeiras

Colete todos os dados sobre a sua renda, isso inclui seu salário, renda de aluguel, de investimentos e qualquer outra fonte. Use valores líquidos, ou seja, o valor real que você vai receber após descontos. Também reúna todas as informações sobre suas despesas mensais, bem como moradia, alimentação, transporte, contas de luz, água e qualquer outras despesas regulares.

Calcule sua renda e despesas mensais

Somar todas as suas fontes de renda e despesas em cada categoria pode determinar o total de gastos em cada área, e isso ajuda a ter um orçamento pessoal efetivo.

Estabeleça metas financeiras

Crie metas financeiras realistas, isso inclui metas de economia, pagamento de dívidas, investimento, aquisição de bens ou serviços, entre outros objetivos pessoais que você tenha.

Crie o seu orçamento pessoal mensal

É essencial comparar sua renda com suas despesas. Certifique-se de que o seu ganho seja maior que os seus gastos, dessa forma, você consegue cumprir suas metas com mais tranquilidade.

Caso sua renda seja menor que suas despesas, é hora de calcular a rota. Considere cortar gastos desnecessários e encontrar maneiras de aumentar sua renda.

Mas afinal, como criar essa ferramenta?

O seu orçamento pessoal pode ser auxiliado por planilhas e listas para tornar o processo mais organizado. Na planilha, por exemplo, você consegue registrar suas fontes de renda, além de categorizar suas despesas em colunas. Você pode contar com o auxílio da planilha do Pravaler para organizar a sua vida financeira! Baixe agora mesmo!

Outro auxílio efetivo é criar uma lista de metas financeiras de curto, médio e longo prazo. Isso pode incluir economizar para uma viagem, pagar dívidas, criar fundo de emergência, investimento, entre outros. Anotar o valor para cada uma dessas metas e o prazo para alcançá-la pode ser crucial.

Além disso, manter um registro diário dos seus gastos, seja ele em caderno ou aplicativo de celular, te ajuda a entender para onde está indo o seu dinheiro.

Agora que você já sabe o que é e como funciona um orçamento pessoal, é hora de colocar a mão na massa e controlar suas despesas para ter uma vida financeira mais saudável. Esperamos que esse conteúdo tenha sido útil. Até a próxima!

Texto escrito por: Prasaber
x

Estude o que sempre sonhou com o financiamento estudantil.

Faça faculdade pagando menos por mês com o Pravaler.

Pesquisar

Artigos Relacionados

X Assine nossa newsletter