Faça uma simulação com o Pravaler Icone seta
Curso técnico em Medicina Veterinária – saiba tudo sobre a profissão Curso técnico em Medicina Veterinária – saiba tudo sobre a profissão

Curso técnico em Medicina Veterinária – saiba tudo sobre a profissão

Atualmente quem quer estudar e se formar em um curso não precisa necessariamente fazer uma graduação. O curso técnico de Medicina Veterinária, assunto do nosso conteúdo a seguir, é um bom exemplo para os profissionais que querem atuar em funções que tenham contato direto com os animais, mas que optam por ter uma formação diferenciada.

É claro que um curso técnico apresenta certas diferenças em relação a um curso de Medicina Veterinária que seja uma graduação, como a duração do período de estudos ou o que é aprendido. No entanto, pode ser uma solução interessante para as pessoas que desejam trabalhar em clínicas veterinárias em conjunto com outros médicos.

Você quer saber mais sobre o curso técnico nesta área e como as principais alternativas funcionam na prática? Confira essas informações e várias outras no artigo abaixo.

Quem pode fazer um curso técnico em Medicina Veterinária?

Diferentemente do bacharelado em que são conhecidas diversas áreas de conhecimento correlacionadas, o curso técnico em Medicina Veterinária tem como objetivo fornecer aprendizados técnicos para que o profissional com essa formação possa ser inserido no mercado de trabalho com mais rapidez e pagando mensalidades menores.

O curso técnico de Medicina Veterinária existe há alguns anos, é autorizado pelo MEC (Ministério da Educação) e pode ser realizado por todas as pessoas que tenham interesse em trabalhar com os animais, auxiliando veterinários, desde que sejam maiores de 16 anos e estejam cursando, no mínimo, o 2º ano do ensino médio.

Tipos de cursos técnicos em Medicina Veterinária

Com opções para todos os gostos e preferências, os cursos técnicos de Medicina Veterinária estão disponíveis em mais de uma modalidade, sendo elas ensino presencial, a distância e semipresencial. Entenda abaixo as características que compõem cada alternativa.

Curso técnico de Medicina Veterinária a distância

O curso técnico de Medicina Veterinária a distância poderá ser realizado seguindo o que for disponibilizado pela instituição de ensino e pelos professores no ambiente de aprendizagem virtual. Essa alternativa proporciona uma maior comodidade para os alunos, já que não precisarão se deslocar até o campus da faculdade para ver as aulas.

Assim, um curso técnico com estrutura EAD vai apresentar um espaço online em que os estudantes poderão conferir os materiais de estudo e as aulas oferecidas pelo corpo docente, assim como será o espaço em que terão a possibilidade de tirar dúvidas e fazer as avaliações em cada módulo do curso.

Porém, por se tratar de uma formação que exige atividades práticas durante o período de aprendizado, praticamente não existe um curso técnico em Medicina Veterinária que seja totalmente em ensino a distância. Ou seja, é mais comum que o estudante veja as opções de curso semipresencial ou presencial.

Curso técnico de Medicina Veterinária semipresencial

Já a modalidade semipresencial de um curso técnico concilia as vantagens do ensino a distância com a interação ao vivo dos encontros presenciais. Dessa forma, é comum que o estudante possa assistir as aulas e realizar as provas de onde estiver, como em sua casa, mas em uma certa frequência, como uma vez por semana, terá que ir presencialmente até o campus.

Por exemplo, as disciplinas teóricas serão cursadas a distância e as aulas práticas serão presenciais para que o estudante possa fazer as atividades técnicas nos laboratórios da instituição. Isso é visto como um modelo de ensino híbrido e é capaz de beneficiar quem está inscrito no curso durante todo o processo de aprendizado.

Curso técnico de Medicina Veterinária presencial

Outra alternativa é o curso técnico presencial, o qual é considerado como o modelo tradicional e a opção mais comum atualmente. Neste caso, todas as aulas e as atividades ocorrem dentro das salas ou espaços físicos da universidade.

Assim, o estudante precisa seguir os horários determinados pela faculdade e estar presente sempre que for necessário para realizar as atribuições acadêmicas durante todo o curso. O ponto positivo é poder aproveitar da melhor forma possível os espaços da infraestrutura da faculdade.

Veja também: Qual a diferença entre curso técnico e tecnólogo? 

Por outro lado, essa alternativa pode dificultar um pouco a conciliação com um emprego em horário integral, por exemplo, mas proporciona uma maior troca com os colegas de turma e os professores.

Quanto tempo dura um curso de técnico em Veterinária?

Agora que você já viu as modalidades e está pensando qual o melhor curso técnico de Medicina Veterinária para a sua rotina, saiba que a duração média dessa formação para o mercado de trabalho é de 18 meses, com exceção de algumas instituições de ensino que acrescentam mais tempo.

Assim, enquanto uma graduação em Medicina Veterinária costuma ser concluída em quatro ou cinco anos, no curso técnico o diploma é obtido em um ano e meio. Isso caracteriza esta modalidade como mais prática e de rápida inserção no mercado de trabalho, já que o tempo investido nessa formação será menor do que nos formatos tradicionais.

Áreas de atuação do técnico em Medicina Veterinária

O campo de oportunidades para um técnico em Medicina Veterinária é considerável e com posições de atuação para as mais variadas preferências. Selecionamos algumas das principais opções para você conhecer mais sobre elas. Confira!

Hospitais, clínicas e consultórios

Esse profissional consegue encontrar trabalho no setor privado em hospitais, clínicas e consultórios veterinários, onde será o auxiliar do médico veterinário responsável por atendimentos, procedimentos ou cirurgias em animais.

A atuação nestes ambientes é essencial para garantir o bem-estar dos bichos ao longo dos processos, manter a organização das salas e outros locais, fazer a coleta de exames e demais atividades que precisam de um profissional técnico.

Centro de pesquisas

Os técnicos em Medicina Veterinária que tiverem ambição para atuar em análises relacionadas com o setor animal poderão trabalhar em centros de pesquisas a fim de desenvolver estudos em várias áreas. Esse papel é indispensável para a evolução de descobertas dentro do setor da saúde animal e outros.

ONGs e empresas

Também há muitas oportunidades para os profissionais que buscam um trabalho conectado com os resgates de animais, como acontece em ONGs e outras empresas privadas do terceiro setor. Essa função é fundamental em diferentes circunstâncias e precisa ser cumprida por quem está preparado para isso.

Além disso, o técnico em Medicina Veterinária irá encontrar oportunidades de trabalho em órgãos de saúde pública, como centros de zoonose, em indústrias de produtos de origem animal como supervisor de fiscalização, entre outros. Afinal, esse é um dos mercados de trabalho que mais cresceu nos últimos anos e foi responsável por criar empregos dos mais diversos.

Quanto ganha um técnico de Medicina Veterinária?

A remuneração desta carreira está por volta de R$ 1.300 ao mês no período inicial de experiência, o que é um pouco mais baixo do que seria de um profissional formado na graduação de Medicina Veterinária. No entanto, com mais anos de trabalho e um acúmulo de vivências práticas, o salário pode aumentar e chegar a mais de R$ 3.000, dependendo da quantidade de horas trabalhadas por semana e de onde é a vaga de emprego.

Qual o valor de um curso técnico em Veterinária?

Por se tratar de uma modalidade de aprendizagem mais enxuta e de curta duração do que um bacharelado, o curso técnico também tem mensalidades com valores abaixo de uma graduação tradicional e é visto como um investimento menor.

A média dos valores cobrados a cada mês pelas instituições de ensino que oferecem essa formação está em R$ 200 a R$ 300, tendo também a possibilidade de despesas maiores ou menores dependendo de qual é a faculdade.

Onde fazer um curso técnico em Medicina Veterinária?

Depois de descobrir mais sobre essa formação, você ficou interessado em se matricular em um curso técnico em Medicina Veterinária? Então, saiba que existem instituições de ensino superior que se destacam ao oferecer essa modalidade. Veja a seguir quais são algumas delas e escolha a sua:

  • Faculdade Método de São Paulo (Famesp)
  • Fundação Centro de Análise, Pesquisa e Inovação Tecnológica (Fucapi)
  • Centro de Profissionalização e Educação Técnica (CPET)
  • Instituto de Educação Professor Marchelli de Almeida (Iemac)
  • Colégio Técnico e Faculdade (Uniterp)
  • Centro Universitário UniLS

Ao decidir em qual instituição de ensino você vai se matricular e estudar, pesquise bastante sobre a estrutura do curso oferecido, a composição do corpo docente, os valores e as características da formação. Afinal, escolher uma boa universidade é uma forma de fazer um investimento acertado no seu futuro profissional e pessoal, visto que será a base de toda a sua carreira, principalmente nos anos iniciais.

Para isso, conte com o Pravaler! Estamos com você em tudo o que envolve o mundo universitário e temos as melhores condições de financiamento estudantil para quem quer estudar sem pagar mensalidades caras.

Aqui as parcelas não se acumulam, não precisa de comprovação de renda nem nota do Enem, tem opção para calouros e veteranos e as vagas são ilimitadas. Descubra as oportunidades da formação em Medicina Veterinária que temos para você agora mesmo e faça a sua simulação de financiamento!

Botao Simule Financiamento 2

Texto escrito por: PRAVALER
x

Estude o que sempre sonhou com o financiamento estudantil.

Faça faculdade pagando menos por mês com o Pravaler.

Pesquisar

Artigos Relacionados

X Assine nossa newsletter