Como criar um perfil campeão para se destacar no Linkedin

Por useradmin

Como criar um perfil campeão para se destacar no Linkedin

Perfil campeão é o termo que o Linkedin utiliza para qualificar os perfis mais relevantes da rede social. Descubra o que fazer para obter essa classificação

Mais do que uma simples rede social, o Linkedin é uma poderosa ferramenta para estabelecer contatos profissionais, o chamado networking.

Por lá, é possível conectar-se a gestores, recrutadores e, quem sabe, até conseguir o emprego dos sonhos. Além disso, é uma excelente plataforma para acompanhar outros profissionais e aprender mais sobre o mercado.

No entanto, para tirar o melhor proveito dessa ferramenta, é importante ter um perfil bem estruturado. Afinal, sua página pessoal será sua vitrine para o mercado de trabalho.

Pensando nisso, preparamos este artigo com algumas dicas para ajudar você a ter um perfil campeão no Linkedin. Quer saber como? Leia até o final e descubra!

O que significa ter um perfil campeão no Linkedin?

Pense que seu perfil no Linkedin é um currículo que ficará disponível para quem tiver interesse em saber mais sobre sua vida profissional. Nesse caso, quanto mais completo, melhor.

Mas, não é apenas a quantidade de informações que tornará o seu perfil campeão. Também é importante pensar na qualidade desses dados.

O próprio Linkedin classifica os perfis em 5 diferentes categorias. São elas:

  • Iniciante
  • Intermediário
  • Avançado
  • Especialista
  • Campeão

Essa é a escala utilizada pela rede social para mensurar a força de cada perfil. Portanto, o iniciante é aquele com poucas informações, enquanto o perfil campeão é aquele completo, com informações relevantes.

Quanto mais forte for o perfil, mais chances ele tem de aparecer nos resultados de busca. Isso porque a plataforma compreende que essas pessoas têm mais a mostrar do que outras.

De acordo com o próprio Linkedin, usuários com perfil campeão têm 40 vezes mais chances de conquistar boas oportunidades por meio da rede social. Veja a seguir o que fazer para obter essa classificação.

1. Capriche na foto de perfil

As páginas pessoais com foto têm 14 vezes mais chances de serem visualizadas do que aquelas sem imagem alguma, segundo dados do Linkedin.

Mas, atenção: nem sempre aquela selfie que você usa no Facebook ou no Instagram é a mais indicada. O ideal é escolher uma foto que valorize seu rosto e transmita uma imagem profissional.

Quer uma dica? Vista a roupa que você usaria em seu trabalho, em uma entrevista de emprego ou em uma reunião de negócios. Depois, peça a um amigo para tirar uma foto sua em um fundo neutro.

Certifique-se de que o recorte da imagem vá da altura de seu peitoral até um pouco acima de sua cabeça. Mas, cuidado para não ficar parecendo uma foto de RG. Sorria, cruze os braços, use a criatividade para que o retrato tenha um tom amigável.

2. Apresente-se para o mercado

Além do espaço para o nome, o Linkedin tem ainda outros dois campos importantes a serem preenchidos: título e resumo. Estes espaços servem para mostrar quem é você no mercado de trabalho.

No título, você deve colocar a forma como você se apresenta profissionalmente. Pode ser seu cargo na empresa, sua formação ou sua especialidade. Por exemplo: “Executivo de Contas na empresa X” ou “Advogado especialista em Direito Trabalhista”. Essa informação aparecerá logo abaixo de seu nome.

No resumo, o ideal é fazer uma síntese de sua trajetória profissional, destacando experiências mais relevantes, conquistas e realizações. Procure escrever um texto curto, porém conciso e livre de erros gramaticais.

3. Mostre onde você está

O Linkedin permite que você adicione sua localização, inserindo seu país, estado e cidade. Preencha esses dados para que seu perfil seja encontrado nas buscas por profissionais de sua região.

Também é importante preencher o seu setor, isto é, o segmento de mercado em que está inserido ou aquele no qual você busca uma oportunidade, como “Indústria Automotiva” ou “Serviços Financeiros”.

Esses dados serão cruzados pela plataforma para localizar seu perfil quando alguém procurar por um profissional com essas características.

4. Valorize suas qualidades

Depois de preencher os dados básicos, é hora de incluir suas formações e experiências. Nesta parte, as outras pessoas terão a oportunidade de saber mais detalhes sobre sua carreira profissional e acadêmica.

Sendo assim, comece pela sua formação. Preencha o curso de graduação que você fez (ou está fazendo), o nome da faculdade, a data de início e de conclusão, mesmo que seja apenas uma data prevista. Repita esse procedimento com cursos de pós-graduação, mestrado, doutorado etc.

Inclua também os cursos livres que você já fez. Isso demonstra seu interesse pela área de atuação e sua preocupação em buscar atualização profissional.

Por fim, indique pelo menos 5 competências e habilidades, em sua área. Por exemplo, se você é designer, pode mostrar que domina o Adobe Photoshop e que é bom em desenho realista. Segundo dados do Linkedin, perfis que contêm essas informações recebem 13 vezes mais visitas.

5. Descreva suas experiências

Para ter um perfil campeão no Linkedin, é fundamental indicar e descrever suas experiências profissionais. Neste espaço, deve-se incluir as empresas pelas quais passou, os cargos que ocupou e o tempo que permaneceu em cada função.

Além disso, é interessante fazer um breve resumo de cada experiência. Procure descrever suas funções, os desafios enfrentados, suas realizações e resultados enquanto esteve no cargo.

6. Conecte-se com outros profissionais

Depois de preencher seu perfil com informações relevantes, é hora de criar conexões. No entanto, o mais importante não é ter milhares de contatos, mas garantir que essas conexões sejam realmente relevantes.

O ideal é conectar-se a pessoas que poderão contribuir de alguma forma para o seu crescimento profissional, direta ou indiretamente.

Siga influenciadores e também os grandes nomes em sua área de atuação. Acompanhe as publicações dessas pessoas, pois elas poderão te ensinar muito, além de proporcionar boas ideias.

Agora que você já sabe o que fazer para ter um perfil campeão no Linkedin, atualize sua página e aproveite todo o seu potencial. E, se você gostou deste artigo, compartilhe-o com seus amigos!

Compartilhar
Categoria: Carreira

Quero receber notícias do PRAVALER

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o PRAVALER em primeira mão.