Recursos Humanos – tudo o que você precisa saber sobre o curso Recursos Humanos – tudo o que você precisa saber sobre o curso

Recursos Humanos – tudo o que você precisa saber sobre o curso

Você já pensou em fazer um curso de Recursos Humanos? O profissional de RH estuda apenas dois anos para ser tecnólogo e tem como salário inicial entre R$ 1.200 e R$ 1.500 por mês.

Para se tornar auxiliar ou assistente, é preciso ter, pelo menos, o diploma de tecnólogo (curso de Recursos Humanos com duração de quatro semestres). Ser estagiário é o primeiro passo para ter sucesso nessa carreira promissora.

Como o curso de Recursos Humanos é rápido, o ideal é que já no primeiro período o aluno comece um estágio. Além disso, criar experiências nas diversas áreas de RH é ótimo para o currículo, além de colaborar para a definição de que rumo tomar na carreira.

Após ser estagiário, auxiliar e assistente, o profissional (que já adquiriu uma certa experiência) pode pensar em ser analista. Mas para isso, é preciso estudar mais. As opções são pós-graduação (um ano) na área que pretende se especializar ou investir em uma graduação tradicional (quatro anos) em Administração, Engenharia de Produção ou Psicologia. Aí vai depender do seu projeto de carreira.

O que se estuda no curso de Recursos Humanos?

Gestão de RH, Administração de RH ou Gestão de Pessoas são alguns dos nomes dados ao curso de Recursos Humanos. Embora seja apenas de quatro períodos, a grade curricular é extensa. Alguns conhecimentos de Administração, Direito e Psicologia são aprendidos durante o Superior Tecnológico.

Confira a grade curricular do curso de Recursos Humanos:

  • Recrutamento e Seleção;
  • Treinamento e Desenvolvimento;
  • Gestão de Folha de Pagamento;
  • Gestão de Benefícios;
  • Comunicação Empresarial (Comunicação Interna ou Endomarketing);
  • Administração de Cargos, Salários e Benefícios;
  • Comportamento Organizacional;
  • Noções de Direito;
  • Direito do Trabalho;
  • Direito Empresarial;
  • Educação Corporativa;
  • Empreendedorismo;
  • Ética e Relações Humanas no Trabalho;
  • Gestão de Desempenho;
  • Gestão de Pessoas;
  • Gestão do Conhecimento;
  • Matemática Financeira;
  • Processos Gerenciais;
  • Relações Sindicais e Negociações Trabalhistas;
  • Responsabilidade e Social e Meio Ambiente;
  • Saúde e Segurança do Trabalho;
  • Técnicas de Administração de Pessoal;
  • Técnicas de Negociação;
  • Gestão do Conhecimento;
  • Registro de Pessoal;
  • Trabalho de Conclusão de Curso.

Os nomes das matérias podem variar de uma instituição de ensino para outra, mas a base do que o universitário terá que estudar está listada acima.

Pós-graduação em Recursos Humanos

Se depois de concluir a graduação, o estudante deseja se aprofundar mais nos conhecimentos do setor, existem possibilidades de pós-graduação que dedicam os estudos na especialização em RH.

É importante destacar que não são apenas alunos formados em Recursos Humanos que podem ingressar em uma pós-graduação na área. Tudo vai depender do interesse de cada estudante e como o tema da pós poderá agregar em sua carreira. Geralmente, pessoas que se formam em Psicologia, Administração ou Comunicação Social também se interessam pela grade acadêmica desse segmento.

Dentre as opções de pós-graduação voltada para Recursos Humanos, os cursos mais buscados são:

  • Gestão de Pessoas;
  • Coaching;
  • Psicologia Organizacional;
  • Desenvolvimento de Pessoas;
  • Direito e Processo do Trabalho.

O que faz, na prática, um profissional de Recursos Humanos?

Você já pensou em recrutar e selecionar funcionários para empresas? Ou trabalhar dando treinamentos para grupos de colaboradores? Essas são algumas das atividades desempenhadas por quem se graduou no curso de Recursos Humanos.

O leque de atuação é extenso. É possível ser responsável pela folha de pagamento, pela administração de benefícios, pela relação com os sindicatos ou até atuar como preposto em questões judiciais que envolvam uma empresa.

Organizar eventos e cuidar da comunicação interna também são atribuições que vem sendo exercidas por profissionais de RH em algumas organizações (embora sejam funções de quem é formado em Marketing ou Comunicação Social).

O fato é que mediar conflitos é muito comum na rotina de trabalho. Afinal, esse profissional é intermediário entre líderes e funcionários. Mas solucionar problemas de relacionamento entre colegas e chefes é de praxe.

Sem contar que conscientizar, mobilizar e engajar a empresa inteira em prol de alguma causa interna é uma das inúmeras atribuições de quem é do setor RH. Além disso, atrair e reter talentos é outro grande desafio da carreira.

Quem fez o curso de Recursos Humanos pode ser empreendedor, autônomo ou trabalhar em empresas ou consultorias. O campo de atuação é imenso e cresce cada vez mais, mesmo com a crise.

Média salarial de um profissional de Recursos Humanos

O universo do profissional de Recursos Humanos é muito amplo, e é justamente por isso que não existe um piso salarial estabelecido. Além disso, o valor recebido pelo exercício da profissão pode depender de fatores como a região, cargo e empresa de atuação. Apesar das variáreis, a média salarial vai de R$1.200 a R$28.000.

Veja alguns cargos e médias salariais:

  • Assistente de Recursos Humanos: de R$1.200 a R$ 1.783;
  • Analista de Recursos Humanos: de R$ 2.797 a R$3.000;
  • Consultor de Recursos Humanos: de R$ 3.366 a R$4.500;
  • Coordenador de Recursos Humanos: de R$ 4.444 a R$6.800;
  • Gerente de Recursos Humanos: de R$ 7.283 a R$10.500;
  • Diretor de Recursos Humanos: de R$11.000 a R$ 21.411.

Habilidades que um gestor de RH precisa desenvolver

Com uma área de atuação bem diversificada e uma grade curricular extensa, as competências necessárias para trabalhar com RH também são as mais variadas. Confira algumas habilidades fundamentais para ser um competente gestor de RH:

  • Liderança;
  • Flexibilidade;
  • Ser solucionador;
  • Ser pacificador e mediador de conflitos;
  • Espírito Empreendedor;
  • Gostar de inovação;
  • Raciocínio Lógico;
  • Agilidade e equilíbrio;
  • Ser organizado;
  • Saber planejar e administrar;
  • Ser estratégico;
  • Estar aberto a novos conhecimentos, aprendizados e experiências;
  • Ter empatia;
  • Ser criativo;
  • Ter ótimo relacionamento interpessoal;
  • Ser comunicativo.

Não se espante com essa lista de habilidades. Dependendo da área em que você escolher se especializar, algumas serão prioritárias e talvez você precise desenvolver outras. Mas ser mediador, estratégico, comunicativo, organizado, saber administrar e ter perfil solucionador são as principais para conquistar uma vaga de estágio ou se tornar Assistente de RH.

Universidades para cursar Recursos Humanos

Existem muitas possibilidades de ingressar em uma graduação em Recursos Humanos. E, além disso, muitas universidades, públicas ou privadas, contam com o curso em sua grade curricular, seja na modalidade presencial ou a distância. Conheça um pouco mais sobre esses formatos disponíveis:

Presencial

A modalidade mais comum entre os universitários, a faculdade proporciona seu espaço para a aplicação de disciplinas práticas e teóricas durante o período do curso.

Semipresencial

Nesse formato, o estudante conta com aulas presenciais, mas também tem em sua grade matérias que serão apresentadas a distância, na plataforma on-line da universidade. No curso semipresencial, o MEC exige que 70% seja constituído com aulas presenciais, enquanto 20% seja de atividades a distância.

EAD

Ou a distância, essa modalidade cursa 100% da graduação remotamente, através da plataforma digital da universidade. Normalmente, as aulas acontecem ao vivo, mas também poderão ser gravadas e acompanhadas on-line conforme a disponibilidade do aluno. Além disso, existem casos em que as provas também são aplicadas digitalmente.

Agora que você conhece as modalidades de cursos, confere só uma lista com as principais universidades que contam com a graduação de Recursos Humanos:

TOP 5 universidades – EAD


O mercado de RH está cada vez mais promissor. Fazer um curso de Recursos Humanos é a forma mais eficaz e rápida de conseguir emprego na área e trilhar uma carreira de sucesso.

Você acha que se identifica com a área? Faça o teste vocacional pra ver se você tem vocação para cursar e trabalhar com recursos humanos.

Quero receber notícias do PRAVALER

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o PRAVALER em primeira mão.