Curso Técnico em Estética – saiba tudo sobre a profissão Curso Técnico em Estética – saiba tudo sobre a profissão

Curso Técnico em Estética – saiba tudo sobre a profissão

O curso técnico em estética

O mercado de beleza e estética no Brasil oferece muitas oportunidades. Isso porque a população se preocupa bastante com o autocuidado e a vaidade pessoal. Desse modo, escolher trabalhar nesse ramo é uma opção segura em relação ao emprego e à renda, sendo o ponto inicial de uma carreira de sucesso na área.

Esse é um setor que está em crescimento, uma vez que as pessoas buscam por procedimentos estéticos para que possam se sentir cada vez mais bonitas. Com a procura e o investimento na área, surgem sempre novos procedimentos que precisam de profissionais especializados para lidar com eles.

O técnico em estética é o profissional responsável não só por operar equipamentos na realização de procedimentos estéticos, mas também por aplicar massagens e outros procedimentos. É ele o responsável por garantir que tudo será realizado com segurança, visando preservar a integridade do paciente. É de responsabilidade desse profissional entender as necessidades de cada cliente, indicando o procedimento mais adequado e fazendo a aplicação.

Vamos então conhecer em detalhe o curso técnico em estética? Continue a leitura e descubra como funciona o curso, as áreas de atuação, o salário médio e em quais instituições você pode estudar.

Como funciona o curso técnico em estética?

O curso técnico em estética habilita o aluno para atuar profissionalmente como esteticista, realizando procedimentos estéticos faciais, corporais e capilares, avaliando corretamente as condições da pele e com conhecimento amplo sobre as tecnologias e os produtos cosméticos mais adequados para cada caso.

A maioria das instituições oferecem laboratórios estruturados e equipados para que os alunos tenham a vivência real dos procedimentos, adquirindo experiência ainda durante o curso. As principais matérias estudadas ao longo do curso são: estética facial e terapia capilar, estética corporal e estética e spa.

Após a conclusão do curso, é emitido um certificado registrado na própria instituição onde o aluno se formou, comprovando a realização do curso e a aptidão para atuar no mercado de trabalho. Os profissionais de estética atuam em diversos segmentos, como: salões de beleza, academias, clínicas de estética, clínicas médicas, spas, navios, hotéis, entre outros.

Quem pode fazer um curso de técnico em estética?

A modalidade de ensino é oferecida de forma integrada ou subsequente. Ou seja, para se matricular no curso técnico em estética, o aluno precisa ter idade mínima de 17 anos e estar cursando ou já ter concluído o ensino médio.

Áreas de atuação

De acordo com o CNCT (Catálogo Nacional de Cursos Técnicos), o técnico de estética possui registro na CBO (Classificação Brasileira de Ocupações) que é identificado com a numeração 322130. Dentre os setores que empregam o profissional, estão:

  • Spas;
  • Clínicas e centros de estética;
  • Clínicas de cirurgia plástica;
  • Salões de beleza;
  • Academias;
  • Hotéis e resorts;
  • Visagismo;
  • Consultoria;
  • Empresas do setor de cosméticos;
  • Empresas que fabricam equipamentos do setor de estética.

Tipos de cursos

No setor da educação, existem três modalidades diferentes: presencial, semipresencial e EAD. Apesar de suas particularidades, os formatos possuem a mesma quantidade de horas exigidas em cursos técnicos e, principalmente, contam com o mesmo nível de qualidade no ensino.

Pelo perfil do curso em lidar diretamente com o paciente, não é possível estudar estética 100% a distância. Por ter muitas atividades práticas, elas precisam ser feitas em laboratórios específicos e equipados. De qualquer forma, grande parte dos cursos EAD em estética oferece 40% do curso no formato a distância. O restante pode ser realizado na própria instituição ou em polos de apoio presencial que as faculdades oferecem por todo o país.

Abaixo, você pode conferir as principais diferenças dos três modelos de ensino disponíveis em todos os níveis:

EAD

As aulas de EAD acontecem em uma plataforma chamada Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), com encontros presenciais apenas para as avaliações, que ocorrem de 1 a 2 vezes por semestre. A vantagem dessa modalidade é que os horários são flexíveis, uma vez que eles podem ser montados pelos alunos em função de sua disponibilidade de tempo.

O estudante pode escolher os melhores dias e horários para os seus estudos, acompanhando aulas ao vivo previamente marcadas e realizando atividades no seu tempo livre.

Semipresencial

Os cursos semipresenciais são conhecidos como cursos híbridos, uma vez que nessa modalidade acontece a mistura do ensino EAD com o ensino presencial.

Para um curso ser considerado semipresencial, é necessário que, ao menos, 20% da carga horária seja destinada para aulas a distância. Os encontros presenciais ocorrem de 1 a 2 vezes por semana, dependendo da instituição de ensino.

Presencial

O estudante na modalidade presencial tem aulas frequentes que podem ser em dias diferentes ou durante todos os dias da semana. A carga horária costuma ser mais alta, já que é necessário a presença do aluno na instituição de ensino.

As atividades e provas são realizadas na instituição de ensino e, para conseguir aprovação nas matérias, é necessário ter 70% de frequência mínima nas aulas, além das notas mínimas estipuladas para cada disciplina.

Qual o salário de um técnico esteticista?

A média salarial de um técnico em estética varia de acordo com o tipo de trabalho e a região em que atua. No entanto, o valor médio do salário desse profissional é de R$ 1.300,00, sendo que existem oportunidades para realizar o trabalho em período integral ou meio período.

Onde fazer um curso técnico em estética?

Existem diversos centros educacionais que contam com curso técnico em estética em sua grade de ensino. A formação pode ser encontrada com facilidade em escolas técnicas por todo o Brasil. Nós listamos algumas

Curso EAD e semipresencial

  • Universidade Norte do Paraná (Unopar);
  • Centro Educacional Anhanguera;
  • Universidade Paulista (UNIP);
  • Universidade Cruzeiro do Sul;
  • Universidade Cidade de São Paulo (UNICID).

Curso presencial

  • Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac);
  • Faculdade Método de São Paulo (Famesp);
  • Academia Brasileira de Estética e Beleza (ABEB);
  • Centro de Aperfeiçoamento do Profissional Esteticista;
  • Faculdade Pitágoras.

Qual a duração média de um curso técnico em estética?

De acordo com o Catálogo Nacional de Cursos Técnicos, homologado e divulgado pelo MEC, o curso em estética deve ter duração média de 1.200 horas, essas distribuídas de acordo com cada instituição e modalidade de ensino.

Diploma e certificado

Antes de ingressar na instituição de ensino escolhida, verifique se ela é reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Assim, a formação no curso técnico irá garantir ao estudante um certificado registrado com validade em âmbito nacional para atuar no mercado de trabalho.

Possibilidades de certificação intermediária

  • Esteticista facial;
  • Esteticista corporal;
  • Massagista;
  • Depilador;

Possibilidades de especialização técnica

A CNCT ainda apresenta algumas opções para novas possibilidades de especialização para quem optar pelo curso técnico em estética. Veja:

  • Especialização técnica em cosmetologia;
  • Especialização técnica em massagem facial;
  • Especialização técnica em massagem corporal;
  • Especialização técnica em drenagem linfática;
  • Especialização técnica em procedimentos estéticos diferenciados;
  • Especialização técnica em técnicas de spa;
  • Especialização técnica em estética e visagismo.

Quero receber notícias do PRAVALER

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o PRAVALER em primeira mão.