Curso de Farmácia – saiba tudo sobre o curso e o mercado Curso de Farmácia – saiba tudo sobre o curso e o mercado

Curso de Farmácia – saiba tudo sobre o curso e o mercado

Quando se estuda Ciências Farmacêuticas ou curso de farmácia, o aluno aprende a lidar com remédios de maneira geral, o que diz respeito a questões como desenvolvimento, controle e análise. Sua atuação também compreende o nicho dos cosméticos e de produtos de higiene, podendo ele se especializar em uma série de segmentos.

O especialista pode atuar fazendo análises clínicas e toxicológicas, entre outras funções, mas para tanto, precisa de uma formação qualificada, de preferência, em uma instituição de ensino reconhecida pela oferta de bons cursos.

Se é do seu interesse saber mais sobre essa carreira e conhecer as oportunidades que ela oferece, então fique atento ao texto e acompanhe.

Crédito Estudantil com até o triplo do tempo para pagar

Áreas de atuação

O campo de atuação para um profissional formado em Farmácia é amplo e compreende vários seguimentos, que englobam:

  • prática em laboratório de análises clínicas;
  • na indústria farmacêutica, podem atuar, além de medicamentos, atuar no desenvolvimento e controle de qualidade em cosméticos e produtos de higiene pessoal;
  • nos sistemas de saúde públicos e privados, como hospitais, clínicas e postos de saúde, prestando assistência farmacêutica;
  • farmácias e drogarias;
  • vigilância sanitária.

Formação profissional

Para exercer o ofício de farmacêutico é obrigatório ter o diploma de bacharel em Farmácia em uma instituição que seja reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Também é necessário ter o registro estadual no Conselho Regional de Farmácia.

Existe toda uma regulamentação para a atividade desse profissional que começa a partir do momento em que ele se forma, afinal de contas, cabe ao farmacêutico controlar uma série de medicamentos que terão impacto significativo na vida das pessoas, o que exige alto grau de responsabilidade nos procedimentos realizados no dia a dia.

Vamos falar mais detalhadamente sobre esse tema na sequência. Saiba mais sobre os tipos de graduação, as possibilidades em termos de instituições e como você pode fazer para ingressar em um curso de qualidade.

Faculdades de Farmácia

Saiba onde é possível cursar a graduação em Farmácia e começar a sua trajetória profissional com o pé direito.

Universidade Cruzeiro do Sul

Com turmas no período matutino e no noturno, a Universidade Cruzeiro do Sul se apresenta como uma das mais recomendadas para a graduação em Farmácia, tanto no modelo presencial quanto no ensino semipresencial 4.0.

Mackenzie

A tradicional universidade Mackenzie oferece o curso de Farmácia no período integral, apresentando uma formação completa para quem tem interesse em ingressar na área. É uma opção segura para quem deseja confiar em uma instituição com imagem sólida no mercado.

Centro Universitário FMU

O curso de Farmácia da Universidade FMU também está entre os mais bem avaliados do país no quesito inovação, trazendo uma série de vantagens para o ingresso. O bacharelado está disponível nos períodos vespertino, matutino e noturno.

Centro Universitário UDF

Com sede em Brasília, a UDF tem no curso de Farmácia um dos que apresenta o maior destaque nas avaliações do MEC, estando por esse motivo entre os principais da instituição. Os resultados nos rankings universitários revelam o protagonismo da UDF na formação de novos profissionais anualmente. As aulas acontecem no período matutino e diurno.

Grade curricular do curso de farmácia

Entre as disciplinas comuns no curso de Farmácia estão Toxicologia Geral, Citologia Aplicada e Bioquímica Clínica. Boa parte das matérias acaba sendo dividida em mais de uma disciplina, de maneira que o conteúdo possa ser trabalhado em mais de um semestre. Química, Farmacologia, entre outras, aparecem ao longo de todo o curso em forma de diferentes disciplinas.

Além do conteúdo teórico, a formação conta também com atividades práticas realizadas dentro de laboratórios. No geral, isso é importante para que o aluno tenha como dominar os processos como de produção e manipulação dos medicamentos.

É no estágio obrigatório para o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) quando o estudante começa a colocar a mão na massa e executar tudo o que treinou ao longo de anos de preparação.

O curso pode ser feito em um período ou dois, a depender da maneira como cada instituição organiza sua grade.

Quanto ganha um farmacêutico?

A média salarial do farmacêutico fica em torno de R$ 3.000, entretanto, esse valor considera todos os profissionais da área, incluindo os em início de carreira. Quando analisamos por função, vemos que existe uma disparidade. Profissionais como o coordenador de laboratório e o gerente de farmácia, podem faturar cerca de R$ 4.000 em média e mais ainda dependendo da região do país em que atuam.

Considerando direcionamentos mais específicos de carreira, como gerente de farmacoeconomia e gerente de educação médica, os salários podem facilmente superar a marca dos R$ 10.000 por mês. Vale lembrar que para atingir esse patamar é necessário que o profissional tenha mais do que a graduação, sendo realmente um especialista em sua atividade. É por isso que vamos tratar mais detalhadamente sobre as possibilidades de aprofundamento profissional para o aluno formado em Farmácia a seguir.

Especializações

Conheça os cursos que podem gerar diferenciais para a sua carreira na sequência da sua graduação em Farmácia.

Farmácia Clínica e Prescrição Farmacêutica

É o curso mais indicado para quem pretende se aprofundar em indicação, prescrição e terapêutica medicamentosa. A formação também prepara o profissional para atuar na busca por maior qualidade em produtos e serviços.

Farmácia Hospitalar e Clínica

Especialização voltada para quem tem interesse em trabalhar com o monitoramento e o acompanhamento farmacoterapêutico, além do uso de medicamentos de acordo com princípios ético-profissionais.

Farmácia Clínica e Hospitalar em Infectologia

É o estudo de medicamentos que podem tratar infecções, além dos exercícios da farmácia clínica hospitalar em infectologia. Fundamentos de oncologia e conhecimentos sobre farmácia clínica hospitalar também fazem parte da formação.

Esses são apenas alguns exemplos. A área apresenta boas possibilidades para aprofundamento e, uma vez que você começa a se dedicar à ciência, a tendência é naturalmente ir encontrando compatibilidades para avançar ainda mais nos seus estudos. Nesse sentido, as especializações em EAD têm se apresentado como uma oportunidade incrível para profissionais de Farmácia.

Crédito Estudantil com até o triplo do tempo para pagar

O que se aprende no curso de Farmácia

Não é por acaso que a graduação costuma exigir bastante do aluno. O graduando em Farmácia precisa aprender a lidar com exigências como:

  • – exame e teste de substâncias e de princípios ativos;
  • – análises clínicas e toxicológicas de amostras;
  • – análises e composição de alimentos industrializados;
  • – orientação farmacológica e combate à infecção hospitalar.

A organização dos cursos de graduação considera esse tipo de exigência, de maneira a dar ao aluno uma formação generalista o bastante para que ele tenha como se inserir nas diferentes ramificações do setor.

Para ter acesso a cargos com maior reconhecimento é necessário se aprofundar em temas específicos da carreira e se especializar. Ainda assim, existem faculdades que direcionam o aluno já na graduação, como é o caso de cursos como de Farmácia Bioquímica e Farmácia Industrial. Em casos assim, você já tem como saber que esse será o direcionamento logo de início.

Como começar

Uma boa faculdade de Farmácia costuma ser o primeiro passo para quem pretende dar início a uma trajetória de sucesso na profissão. Assim, a dica é se concentrar no vestibular, procurando alcançar a melhor nota possível no Enem ou nas provas tradicionais para conseguir o seu ingresso.

Procure escolher uma instituição com reconhecimento do MEC, seja no modelo presencial ou a distância. Lembre-se de que quanto maior for a nota recebida pela instituição, mais chances ela tem de facilitar a sua entrada no mercado de trabalho.

Fique atento às opções de financiamento estudantil, como é o caso do PRAVALER, o maior programa privado de crédito universitário do Brasil. Saiba mais sobre ele na sequência.

Tópicos relacionados:

Categoria: CursosPrasaber

Pensamos na sua privacidade

Usamos cookies para que sua experiência seja melhor. Ao continuar navegando, você está ciente dos nossos Termos e Políticas.

CONTINUAR