Curso Técnico em Enfermagem – saiba tudo sobre a profissão Curso Técnico em Enfermagem – saiba tudo sobre a profissão

Curso Técnico em Enfermagem – saiba tudo sobre a profissão

A enfermagem é uma área que vem ganhando bastante espaço nos últimos anos, não só pelo aumento na quantidade de hospitais, mas também pelo aumento dos serviços de cuidado em domicílio. Fazer um curso técnico é uma forma mais rápida de ter boas oportunidades nesse mercado de trabalho.

Preparamos esse texto para te ajudar com algumas dúvidas. Confira!

Como funciona o curso técnico em enfermagem?

Geralmente a formação técnica dura dois anos. Após a conclusão, o profissional irá trabalhar supervisionado de um enfermeiro e poderá prestar assistência em casos de maior complexidade, mas sempre acompanhado. Os locais que mais empregam técnicos de enfermagem são os centros cirúrgicos e unidades de terapia intensiva (UTIs).

Quem se forma em um curso técnico é considerado um profissional de nível médio e tem um campo de atuação intermediário. No caso de técnicos em enfermagem, é mais limitado em relação ao enfermeiro e mais amplo comparado ao auxiliar.

Esses profissionais ajudam em diversas frentes, como: oferecer apoio ao enfermeiro no planejamento das atividades da área, atuar no controle e prevenção a doenças, prestar assistência a pacientes em estado mais grave e controlar o risco de infecção hospitalar.

Quem pode fazer um curso técnico em enfermagem?

Para poder atuar como técnico em enfermagem, não é necessário ter feito um curso de graduação na área, mas é necessário que o curso técnico seja feito em uma escola registrada junto aos órgãos competentes. Além disso, boa parte das instituições exigem que o aluno tenha, no mínimo, 18 anos e com ensino médio completo.

Áreas de atuação do técnico em enfermagem

O técnico em enfermagem pode trabalhar em diferentes segmentos ligados ao setor de saúde, como: hospitais, clínicas, consultórios médicos, laboratórios, ambulatórios e serviços de home care. Também é possível prestar concurso para ser funcionário público ou atuar como autônomo.

Após a conclusão do curso, o profissional está pronto para atuar em diferentes espaços. Listamos algumas áreas de atuação:

Enfermagem geral

A função será auxiliar o enfermeiro na reabilitação dos pacientes em hospitais ou clínicas. Também é possível trabalhar em lugares que oferecem exames laboratoriais.

Enfermagem geriátrica

O profissional trabalha com idosos, proporcionando cuidados básicos de saúde que sejam necessários. Também devem ser analisados as condições físicas, mentais e emocionais do paciente, para que os cuidados sejam feitos corretamente.

Enfermagem médico cirúrgico

O técnico irá atuar nos centros cirúrgicos, fazendo parte do time de médicos e enfermeiros para que os procedimentos cirúrgicos ocorram de forma adequada. Suas principais funções são: organizar a sala, ajudar o paciente no transporte da maca para a mesa de cirurgia e vice-versa, assessorar o anestesista na indução e reversão do procedimento anestésico, registrar todas as informações no prontuário, entre outras.

Assistência em urgência e emergência

O objetivo é preparar o profissional para atuar em casos de urgência e emergências em hospitais, dando suporte adequado na recepção dos pacientes, curativos e na aplicação de medicamentos por via venosa ou subcutânea, oral e muscular.

Materno Infantil

O setor de maternidade de um hospital busca cuidado no atendimento da gestante e do recém-nascido. Os médicos e enfermeiros precisam do trabalho do profissional técnico para atuar nos setores de UTI neonatal, emergência obstétrica, entre outros.

Enfermagem em Infectologia

Ao trabalhar na área de pessoas com doenças infecciosas em um hospital ou clínica, as funções do técnico de enfermagem são: controlar as visitas, manter os infectados isolados de outros pacientes e, caso seja necessário, cuidar para que sempre utilize material de proteção, como óculos, luvas, gorros e máscaras descartáveis.

Tipos de cursos

Agora que você já viu que são diversas as possibilidades profissionais de um técnico em enfermagem, vamos conhecer os tipos de cursos disponíveis.

É possível fazer o curso técnico em enfermagem a distância, semipresencial ou presencial. As três modalidades seguem a mesma regra: duração média de dois anos e disponível para interessados com no mínimo 18 anos e ensino médio completo.

Outro ponto em comum é que as três opções exigem o cumprimento de 600 horas de estágio supervisionado, que pode ser realizado em hospitais e unidades básicas de saúde. Além disso, depois de se formar, o aluno precisa obter seu registro profissional no Conselho Regional de Enfermagem (COREN), e independentemente da modalidade escolhida, o diploma será válido para atuar no mercado de trabalho.

Vamos entender cada uma das modalidades!

Curso EAD

O conteúdo do curso EAD é o mesmo ministrado no curso presencial. Essa é uma dúvida que muitas pessoas têm, mas se esse for o seu caso fique tranquilo, pois a única diferença é a metodologia aplicada.

As aulas de EAD acontecem em uma plataforma dedicada, chamada Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), com encontros presenciais apenas para as avaliações, que ocorrem de 1 a 2 vezes por semestre. A vantagem é que o estudante pode escolher os melhores dias e horários para os seus estudos, acompanhando aulas ao vivo previamente marcadas e realizando atividades no seu tempo livre.

Para quem está interessado no curso a distância, é bom saber que podemos classificá-lo como um curso semipresencial. Isso porque o aluno pode assistir pela internet a parte teórica das disciplinas, que equivale a aproximadamente 33% da carga horária. Já a parte prática das matérias é feita presencialmente na instituição de ensino, em aulas de laboratório, geralmente uma vez por semana.

Curso Semipresencial

Os cursos semipresenciais são conhecidos como cursos híbridos, uma vez que nessa modalidade acontece a mistura do ensino EAD com o ensino presencial.

Para um curso ser considerado semipresencial, é necessário que, ao menos, 20% da carga horária seja destinada para aulas a distância. Os encontros presenciais ocorrem de 1 a 2 vezes por semana, dependendo da instituição de ensino.

Curso Presencial

O estudante na modalidade presencial tem aulas frequentes que podem ser em dias diferentes ou durante todos os dias da semana. A carga horária costuma ser mais alta, já que é necessário a presença do aluno na instituição de ensino.

As atividades e provas são realizadas na instituição de ensino e, para conseguir aprovação nas matérias, é necessário ter 70% de frequência mínima nas aulas, além das notas mínimas estipuladas pela escola.

Quanto ganha um técnico em enfermagem?

O salário médio de um técnico de Enfermagem no Brasil fica em torno de R$ 1.664, mas pode variar de acordo com o local e tempo de trabalho.

Onde fazer um curso técnico em enfermagem?

Cursos técnico EAD/semipresencial

  • Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL);
  • Universidade Cidade de São Paulo (UNICID);
  • Universidade de Franca (UNIFRAN);
  • Universidade Norte do Paraná (UNOPAR);
  • Centro Educacional Anhanguera.

Cursos técnico presencial

  • Centro Universitário São Camilo;
  • Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein;
  • Universidade Cruzeiro do Sul;
  • Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac);
  • Universidade Nove de Julho (UNINOVE).

Qual a duração média de um curso técnico em enfermagem?

A duração de um curso técnico em enfermagem vai variar de acordo com a instituição e modalidade escolhida, mas pode variar entre 6 meses a 1 ano de curso.

Diploma certificado

Antes de começar um curso técnico, verifique se a unidade de ensino escolhida está cadastrada no Sistec (Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica), órgão que garante a autenticidade e validade do diploma em todo país. Também é importante saber que um diploma do ensino técnico é de nível médio, voltado para a capacitação profissional.

Como já citado acima, vale reforçar que não existe diferença entre certificados de cursos a distância, semipresencial ou presencial, todos têm a mesma validade em território nacional.

Possibilidades de certificação intermediária

Você conta com possibilidades de certificações intermediárias para o curso, que são:

  • Agente de combate às endemias;
  • Cuidador infantil;
  • Cuidador de idoso;
  • Agente Comunitário de Saúde.

Possibilidades de especialização técnica

Com sua formação no curso técnico em vista, o estudante que investiu os estudos para se formar enfermeiro tem a possibilidade de especializações técnicas, como:

  • Especialização técnica em enfermagem do trabalho;
  • Especialização técnica em instrumentação cirúrgica;
  • Especialização técnica em saúde mental;
  • Especialização técnica em terapia intensiva;
  • Especialização técnica em estratégia de saúde da família;
  • Especialização técnica em saúde do idoso;
  • Especialização técnica em emergência e urgência;
  • Especialização técnica em hemodiálise;
  • Especialização técnica em oncologia;
  • Especialização técnica em diagnóstico por imagem;
  • Especialização técnica em centro cirúrgico.

Verticalização para cursos de graduação superior

Informações úteis

Código na CBO

  • 322205 – Técnico de Enfermagem.

O código CBO foi criado pelo MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) para classificar todas as profissões existentes no mercado de trabalho brasileiro afim de facilitar para a aposentadoria e para elas terem reconhecimento.

Normas associadas ao exercício profissional

  • Lei nº 7.498/1986. Decreto nº 94.406/1987

Fazer o curso técnico em enfermagem sem dúvida pode trazer excelentes oportunidades profissionais e ser o início de uma carreira promissora na área. Para saber mais sobre o universo dos cursos técnicos, confira nosso guia completo!

Agora que te apresentamos o conteúdo sobre técnico em enfermagem, seja qual for a área de atuação que você deseja, o mais importante é que você goste da profissão e esteja com disposição para ajudar o próximo.

Quando for escolher a universidade, não se esqueça de conferir se o PRAVALER está presente. Nós te ajudamos a realizar o sonho de dar continuidade nos estudos!

Categoria: PrasaberTécnico

Quero receber notícias do Pravaler

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o Pravaler em primeira mão.