Pós-graduação – guia completo Pós-graduação – guia completo

Pós-graduação – guia completo

O estudante que acabou de ingressar no ensino superior, ou até mesmo aquele que já está terminando, com certeza já ouviu sobre a importância de continuar os estudos após sua formação para alavancar a carreira e se manter atualizado sobre o mercado. Para isso, os cursos de pós-graduação estão aí e cada vez são mais importantes para o currículo.

Apesar de entender a importância, nem todos sabem como funciona e quais são as melhores modalidades de uma pós. Por isso, preparamos este artigo com todas as informações sobre a pós-graduação. Continue por aqui!

O que é pós-graduação?

É um curso de especialização acadêmica ou profissional dedicado a estudantes que já conquistaram um diploma do ensino superior. Como o próprio nome já diz, uma pós-graduação deve ser feita depois de uma graduação, ou seja, o Ministério da Educação (MEC) só permite a realização de uma pós caso o aluno tenha um diploma de bacharelado ou tecnólogo comprovado.

Os cursos de pós-graduação contam com algumas diferenças e são divididos em duas categorias principais: lato sensu e stricto sensu. De modo geral, a primeira divisão engloba cursos de, no mínimo 360 horas de aula e o certificado não é válido como diploma, que é o caso do MBA, por exemplo. Já a segunda categoria contempla aulas que podem chegar a, pelo menos, 2 anos e o estudante recebe um diploma com título, que é o caso de um mestrado e doutorado. Entenda mais diferenças entre as duas classes:

Pós-graduação stricto sensu

Os cursos dessa categoria são para aqueles que desejam seguir a carreira acadêmica, ou seja, para profissionais que vão dar aulas ou participarão de projetos e pesquisas, por exemplo. Isso porque um mestrado ou doutorado – divisões dessa classe – contam com uma grade curricular pautada em estimular reflexões teóricas para um conhecimento mais aprofundado. No entanto, nada impede que profissionais de outras áreas que não seja a acadêmica façam cursos de mestrado ou doutorado.

Pós-graduação lato sensu?

Essa classe possui cursos que são ideais para profissionais com rotinas de trabalho em corporações e que buscam uma especialização na área de atuação. O objetivo principal dos cursos lato sensu é promover o aperfeiçoamento de competências específicas para o avanço profissional ou até mesmo para troca de área.

Como funciona a pós-graduação?

Com a valorização da pós-graduação no mercado, alguns processos começaram a se tornar mais concorridos. Engana-se quem pensa que para começar uma pós precisa passar pelos mesmas etapas que uma graduação. Geralmente, os processos para essa modalidade costumam ser mais simples, porém, mais rígidos. Confere só um pouquinho de como funciona as etapas de uma pós:

Método de ingresso

Cada instituição possui um modelo de ingresso para começar uma pós-graduação, no entanto, três etapas costumas ser frequentemente utilizadas. A primeira delas é uma análise para entender se o perfil do estudante atende aos requisitos para a matrícula, como uma graduação completa e o conhecimento em áreas específicas. Logo em seguida, a universidade entrevista o candidato e faz uma análise curricular, para conhecer a formação, experiência profissional e extensões feitas. Ao final, é aplicado uma prova – em sua maioria, dissertativa – para testar os conhecimentos mais profundos sobre o tema a ser estudado. Essa última etapa não acontece com tanta frequência em cursos lato sensu.

Duração do curso

O MEC determinou que todos os modelos de pós-graduação devem ter um padrão mínimo de 360 horas de duração, no entanto, o período total dependerá de cada curso. Enquanto uma pós de especialização pode chegar a 5 anos, mestrado e doutorado duram, em média, 2 anos. Os cursos de MBA variam de acordo com a grade curricular, mas geralmente acontecem também em 2 anos.

Modelo de aulas

Cursos lato sensu – ou de especialização profissional – possui um modelo já utilizado também nas graduações, com aulas periódicas e apresentações de seminários. Além disso, a categoria também promove dentro de sua grade obrigatória algumas aulas práticas com cases do cotidiano.

Já as aulas de mestrado e doutorado, que se encaixam na categoria stricto sensu, são bem diferentes. Os alunos precisam se dedicar integralmente aos estudos e seus esforços são dedicados ao aprofundamento teórico e desenvolvimento de novas ideologias. Nesse processo, acontecem debates e discussões que fortaleçam o pensamento crítico do estudante.

Avaliação

Cada curso de pós-graduação conta com um método de avaliação, podendo ser através de avaliações orais, debates, provas práticas, seminários ou produção de artigos.

Trabalho de conclusão

Em caso de MBA e especialização, o estudante precisa entregar uma monografia sobre um tema relacionado ao que foi aprendido, como um TCC da graduação. Ao final, recebe um certificado de conclusão de curso, que não é reconhecido como diploma.

Alunos de mestrado ou doutorado precisar desenvolver uma dissertação e tese original – em casos de cursos de doutorado – para a conclusão. Em ambas as divisões, o estudante recebe um diploma com título de mestre ou doutor.

Tipos de pós-graduação

Como já falamos logo ali em cima, existem duas categorias de pós-graduação e dentro delas algumas divisões. As principais diferenças entre elas são as competências trabalhadas e a carga horária. Veja abaixo a descrição de cada modalidade:

Lato sensu

  • Especialização

Ideal para profissionais que querem aperfeiçoar seus conhecimentos técnicos, o curso se aprofunda em temas que estão inseridos na rotina e área de atuação do profissional. Os cursos de especialização, em sua maioria, costumam durar entre 12 e 18 meses.

  • MBA

O MBA segue basicamente o mesmo formato acadêmico que uma especialização, a diferença é que a modalidade é dedicada para uma área gerencial que precisa desenvolver para cargos vitais em uma companhia. Ou seja, para ingressar em um MBA, é importante que o estudante já tenha uma experiência sólida no mercado e esteja em posição de liderança.

Stricto sensu

  • Mestrado acadêmico

O curso é ideal para pessoas que queiram se tornar pesquisadores ou professores universitários. Isso porque em um mestrado é aborda-se temas com maior profundidade intelectual e, além disso, práticas educativas eficientes.

  • Mestrado profissional

Também credencia o aluno para se tornar um pesquisador ou professor, a diferença é a metodologia utilizada. O foco da abordagem desse mestrado é o mercado de trabalho, portanto, contempla estudos, conceitos e técnicas que podem e devem ser utilizadas na vida profissional.

  • Doutorado

Como no mestrado, o curso forma pesquisadores e professores universitários, no entanto, promove o amadurecimento de ideias e métodos de pesquisa com ainda mais profundidade e complexidade. Entre mestrado e doutorado, não existe uma ordem definida para cursar, porém, para concluir um doutorado é preciso que o aluno desenvolva uma tese, esse que envolve uma maior intimidade com a área acadêmica e de pesquisa, por esse motivo, o curso geralmente é feito depois de um mestrado.

Benefícios de uma pós-graduação

Agora que você conhece todas as modalidades de uma pós, já pode escolher qual é a melhor alternativa para a sua carreira. Com um curso de pós-graduação no currículo, muitos benefícios poderão acrescentar na vida do profissional:

 Conhecimento

O curso superior já traz um grande conhecimento para o estudante começar a trilhar a sua carreira. Já em uma pós, o estudante se aprofunda ainda mais sobre conhecimentos específicos, voltados para um campo único de trabalho ou segmento.  Além disso, o mercado de trabalho valoriza pessoas que estão sempre em busca de renovar seus conhecimentos e habilidades.

Carreira

É uma oportunidade de se reposicionar no mercado de trabalho ou até mesmo mudar de área da profissão que escolheu. Em uma pós, o profissional dá ênfase em determinadas áreas. Por exemplo, se o profissional é formado em marketing, pode fazer uma pós-graduação voltada à administração do negócio.

Currículo

Com uma pós, o profissional carregará em seu currículo um título de especialista. Tal complemento é visto pelas empresas como positivo no momento do recrutamento, já que acredita-se que o candidato se empenha para o aperfeiçoamento profissional.

Salário

Não basta ter feito uma pós-graduação para garantir um aumento salarial. O profissional precisa colocar em prática tudo o que foi aprendido em sala de aula para que seus esforços sejam reconhecidos. Em uma pesquisa recente, feita pela Catho, estima-se que o aumento salarial para um profissional com pós atinja 54%.

Desempenho profissional

Sair da zona de conforto e expandir seus conhecimentos contribui consideravelmente, não só para potencializar o currículo, mas também no desempenho do profissional no mercado. Com novas ferramentas de trabalho e habilidades aperfeiçoadas, o estudante de uma pós-graduação pode chegar com mais facilidade em cargos de liderança e vitais para a empresa.

Networking

Em uma pós, o contato com profissionais da mesma área é inevitável. Com isso, surge a oportunidade de conhecer processos diferentes e absorver conhecimentos de outros profissionais da área e, além de tudo isso, construir bons relacionamentos no seu segmento.

Concursos públicos

Em alguns editais de concurso público, a pós-graduação é considerada na pontuação do candidato, o que pode contribuir na posição dele e, consequentemente, no resultado.

Cursos de pós-graduação mais procurados

Uma vez que o objetivo de uma pós-graduação é o aperfeiçoamento em uma área específica, existem milhares de cursos disponíveis nas universidades, a distância ou no modelo EAD. Listamos os que são mais procurados pelos estudantes:

  • Gestão empresarial;
  • Gestão de pessoas;
  • Marketing digital;
  • Gestão financeira;
  • Estratégia;
  • Recursos humanos;
  • Negociação e vendas.

Cursos de pós-graduação para turbinar a carreira

Algumas áreas possuem a necessidade de um aperfeiçoamento profissional. Isso porque em uma graduação são abordados temas gerais sobre uma área e, nem sempre é suficiente pra suprir as necessidades do mercado. Confira abaixo as principais áreas e os cursos de pós-graduação que pode turbinar sua carreira:

Direito

  • Direito Ambiental;
  • Proteção do Conhecimento Corporativo;
  • Direito Cibernético;
  • Direito da Tecnologia da Informação.

Tecnologia

  • Segurança da Informação;
  • Sistemas e Desenvolvimento Web;
  • Data Science;
  • Gerenciamento de Banco de Dados.

Educação

  • Alfabetização e Letramento
  • Educação Infantil
  • Formação em Educação a Distância

Dúvidas frequentes

Se mesmo depois de ler este guia, você ainda tem dúvidas sobre a pós-graduação, a gente te ajuda respondendo algumas mais frequentes entre os estudantes:

Posso iniciar minha pós-graduação antes da minha graduação?

Para ingressar em um curso de pós-graduação, o estudante precisa obrigatoriamente ter concluído um curso superior, seja ele bacharelado ou tecnólogo, presencial ou EAD. Sem um certificado comprovando a graduação completa, o aluno não poderá se matricular em nenhum curso e pós.

Posso fazer uma pós-graduação fora da minha área?

Se o seu desejo é mudar de área ou aprofundar seus conhecimentos em um segmento diferente, não existe nenhum impedimento para se matricular em cursos que não estejam dentro do seu segmento.

Cursos de pós-graduação são reconhecidos pelo MEC?

Os cursos de pós-graduação seguem os mesmos critérios de reconhecimento no MEC que uma graduação. As universidades precisam seguir algumas exigências acadêmicas para reconhecer algum curso. Portanto, quando se interessar por um curso de pós, pesquise no portal do MEC se ele já possui pontuação oficial.

Tecnólogo pode fazer pós-graduação?

O curso superior tecnólogo possui o mesmo reconhecimento que um bacharelado, portanto, se o estudante tiver um diploma comprovando sua conclusão no curso, poderá se matricular em uma pós-graduação. Acompanhe mais sobre o tema em um artigo que nos aprofundamos nessa questão.

Existe bolsa de estudos para pós-graduação?

Sim! Existem bolsas de estudos oferecidas pelas instituições de ensino particulares, onde o estudante passa por uma entrevista e avaliação e pode conquistar uma bolsa de até 100%. Além disso, alguns programas do governo federal também oferecem subsídio para pós-graduação da modalidade stricto sensu – mestrado, doutorado e pós-doutorado, como é o caso da Capes, uma fundação que estimula a expansão de pesquisas e estudos no Brasil e fora dele.

Posso fazer uma pós-graduação em outro país?

É possível fazer todos as categorias de pós-graduação no exterior e, inclusive existem bolsas para cursos dessa modalidade fora do país. No entanto, é preciso validar o diploma no Brasil e, para isso, o curso precisa seguir alguns critérios. O portal no MEC aborda esse tema!

Como declarar pós-graduação no imposto de renda?

Desde que o limite de gastos com a pós-graduação seja de até R$30.091,35 por ano, é possível fazer a declaração no IR como despesas de instrução.

Quanto custa uma pós-graduação?

O valor varia de acordo com a instituição escolhida para cursas uma pós, no entanto, vale destacar que o investimento não será um dos mais baixos, já que uma pós-graduação é dedicada a profissionais que já estão no mercado de trabalho e contam com renda fixa. MBA e especializações custam, em média, de R$4.400 a R$19.800 no total. Já mestrados e doutorados costumam atingir valores como R$33.937 a R$54.574 no total.

Quero receber notícias do Pravaler

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o Pravaler em primeira mão.