Faça uma simulação com o Pravaler Icone seta
Quais são os requisitos para ganhar bolsa do Prouni? Quais são os requisitos para ganhar bolsa do Prouni?

Quais são os requisitos para ganhar bolsa do Prouni?

Desde 2004, o governo federal disponibiliza bolsas de estudo em instituições de ensino superior particulares a alunos que atendem aos requisitos exigidos para participar do Prouni (Programa Universidade para Todos). As bolsas ofertadas pelo programa são de 50% e 100%.

Neste artigo você encontra as informações necessárias para saber quais são os requisitos para conseguir bolsa de estudos pelo Prouni. Acompanhe!

Como funciona a bolsa de estudos do Prouni?

O sistema do Prouni é totalmente automatizado e seleciona os candidatos de acordo com o desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Ao contrário do que muita gente pensa, no Prouni a disputa por uma bolsa não é geral, de todos contra todos. A concorrência por uma bolsa se dá entre os candidatos que escolheram as mesmas opções de curso, faculdade, campus, turno e modalidade de concorrência (cotas ou não). As vagas disponíveis vão sendo preenchidas por quem tem as maiores notas no Enem.

Veja também: Cotas no Prouni – o que é e como funciona?

A partir do segundo dia de inscrições, o sistema do Prouni divulga as notas de corte, que é a menor nota para entrar em determinada vaga (no mesmo curso, faculdade, campus, turno e modalidade de concorrência). É importante acompanhar as notas de corte para ver se você tem chance de passar ou se precisa escolher outra opção entre as vagas disponíveis. É possível modificar as escolhas quantas vezes quiser. Para a seleção, vai valer a última opção gravada pelo candidato no sistema.

Encerrado o prazo de inscrições, o Prouni faz a seleção dos melhores candidatos. O resultado sai poucos dias depois. Para saber como funciona o Prouni, confira o artigo que está disponível em nosso blog!

Requisitos para ganhar bolsa do Prouni

Para concorrer a um bolsa de estudos pelo Prouni, os candidatos precisam ter cursado o ensino médio em escola pública ou em instituição privada como bolsista integral, não possuir diploma de nível superior e ter feito a última edição do Enem.

Para concorrer à bolsa integral, que isenta o pagamento total da instituição, o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal de até um salário-mínimo e meio por pessoa. Já para a bolsa parcial, de 50%, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários-mínimos por pessoa.

Além disso, o programa lista uma série de condições e o candidato deve atender pelo menos a uma delas. São elas:

  • Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública;
  • Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede particular, na condição de bolsista integral da própria escola;
  • Ter cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em escola da rede particular, na condição de bolsista integral da própria escola privada;
  • Ser pessoa com deficiência;
  • Ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica, integrante de quadro de pessoal permanente de instituição pública e concorrer a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura. Nesses casos, não há requisitos de renda.

Cálculo da renda familiar bruta

Para saber se você tem direito a bolsa de 100% do Prouni é necessário entender como o sistema faz o cálculo de sua renda familiar bruta. O cálculo para renda do Prouni não é difícil, basta seguir os dois passos a seguir:

  1. Some a renda bruta (rendimentos sem os descontos oficiais obrigatórios, como INSS e Imposto de Renda) de todas as pessoas que moram com você;
  2. Divida o valor total pelo número de moradores da residência.

Pronto! Após seguir esses dois passos você obterá a renda familiar bruta de cada pessoa do seu grupo familiar, que é composto por todas as pessoas que moram com você.

Agora é simples: basta comparar o resultado obtido com os limites estabelecidos pelo programa. Caso o valor seja menor ou igual a três salários-mínimos por pessoa, você poderá concorrer apenas às bolsas parciais disponibilizadas pelo Prouni. No entanto, se o resultado obtido por você for menor ou igual a 1,5 salário por pessoa, você poderá concorrer a uma bolsa de 100% do Prouni.

Infográfico sobre os requisitos para ganhar bolsa do Prouni

Como manter a bolsa do Prouni até o final do curso?

Para manter a bolsa do Prouni até o final do curso, não vacile, pois em algumas situações o benefício pode ser perdido, de acordo com seu desempenho ou outros eventos que aconteçam com você. Veja as situações que podem levar à perda da bolsa de estudos pelo Prouni:

Reprovação em mais de 25% das disciplinas de cada período

Em primeiro lugar, tenha atenção à nota mínima da faculdade, pois o Prouni será cancelado caso você não consiga aprovação em 75% das disciplinas cursadas em um mesmo período letivo.

Em um exemplo prático, se seu curso tem seis disciplinas naquele semestre, é imprescindível que você tenha aprovação em cinco delas. Essa é uma exigência do MEC para garantir que todo aluno dê a devida dedicação ao curso. Do contrário, o benefício será destinado a outra pessoa, por exemplo, nas chamadas bolsas remanescentes do Prouni.

Por outro lado, sabemos que não só a falta de persistência leva a um rendimento baixo no curso. Defasagem de aprendizagem no ensino médio, dificuldade de compreender a matéria e até questões familiares podem afetar a vida acadêmica.

Portanto, se você reprovar em mais de 25% das disciplinas, procure a coordenação do curso e apresente argumentos relevantes para que sua bolsa seja mantida. Então, será feita uma solicitação para a continuidade do benefício. Mas, atenção, esse recurso pode ser utilizado por até duas vezes.

Evasão escolar

Alunos que faltarem a mais de 25% das aulas são enquadrados em evasão escolar. Esse também é um critério para a perda do benefício da bolsa do Prouni. Além disso, de acordo com um parecer do MEC, todo aluno que não tiver o mínimo de 75% de presença nas aulas pode ser reprovado por faltas.

Essa regra vale para o Prouni e o controle da frequência dos estudantes fica a cargo das faculdades.

Matrícula em instituições públicas ou gratuitas

Lembra que o Prouni vale apenas para universidades particulares? Então! Digamos que você conseguiu uma bolsa de estudos pelo Prouni, mas passou em alguma instituição pública ou gratuita. Esse é um caso em que você perderá o benefício, pois o MEC reconhece que você poderá cursar normalmente a graduação sem auxílio do programa.

Não realização da matrícula no período correto

Tenha atenção aos prazos para a realização da matrícula na faculdade, do contrário, o benefício será automaticamente cancelado. Então, separe com antecedência todos os documentos exigidos pelo Prouni e leve o quanto antes na instituição de ensino para efetuar sua inscrição.

Não apresentação de documentos pendentes

No final de cada semestre, o estudante precisa atualizar as informações de beneficiário do Prouni. Para isso, deve apresentar novamente uma série de documento à coordenação do curso na faculdade. Fique atento a isso para manter a sua bolsa do Prouni até o final do curso, combinado?!

Como faço para me inscrever no Prouni?

A inscrição pode ser feita pelo site do Prouni em apenas uma etapa, onde você vai precisar inserir o seu número de inscrição do Enem e a sua senha de acesso. Após entrar no site você já pode escolher até duas opções de faculdades, cursos e turnos dentre as que estão disponibilizadas.

Veja também: Quero Bolsa e Prouni – onde procurar por bolsas de estudos?

Mas caso você ainda esteja com dúvida sobre qual curso ou instituição escolher, fique tranquilo! Durante o período de inscrição você pode alterar as opções sem nenhum problema. O site do Prouni só vai considerar válida a última inscrição feita, mas fique esperto com as datas de inscrições.

Após a divulgação do resultado do Prouni, os candidatos aprovados devem ir à faculdade com todos os documentos necessários para matrícula. As instituições participantes têm um coordenador específico para tratar de assuntos relacionados ao programa e acompanhar todo o processo junto ao candidato.

Quando acontecem as inscrições do Prouni?

As datas do Prouni mudam a cada edição. O calendário geral, no entanto, segue mais ou menos o mesmo esquema: no primeiro semestre acontece entre o final de janeiro e o início de fevereiro e no segundo semestre entre junho e julho.

O mais importante aqui é ficar de olho nas datas e não deixar para a última hora. O processo todo é bem rápido, normalmente as inscrições ficam no ar por apenas quatro dias. E o resultado já sai no primeiro dia útil após o encerramento das inscrições.

Curtiu o conteúdo? Então confira o guia completo do Prouni e saiba tudo sobre o programa!

Não passei no Prouni, e agora?

Caso você não tenha o perfil para ser contemplado com uma bolsa do Prouni, saiba que existem outras alternativas. Para encontrar bolsas de estudos, é possível pesquisar em plataformas como o Amigo Edu, que oferece bolsas para graduação de até 80% de desconto em diversos cursos e instituições de ensino. Além disso, é possível conseguir bolsa para todas as modalidades de ensino: presencial, semipresencial e EAD. Não deixe o sonho do ensino superior para depois!

Bolsas de estudo Amigo Edu

Texto escrito por: PRASABER
x

As principais notícias sobre educação na sua caixa de e-mail. Cadastre-se já!

Saiba mais

Pesquisar

Artigos Relacionados

X Assine nossa newsletter