Faça uma simulação com o Pravaler Icone seta
O que é inteligência artificial como funciona? O que é inteligência artificial como funciona?

O que é inteligência artificial como funciona?

Entender o que é e como funciona a Inteligência Artificial (IA) é essencial, afinal, estamos inseridos nessa nova era que impacta tanto a nossa vida pessoal quanto profissional. Nas empresas, o uso dessa tecnologia moderniza processos, já que máquinas desenvolvem a capacidade de realizar tarefas antes feitas por humanos.

Mas a inteligência artificial vai muito além da automação, sendo empregada em sistemas que otimizam atividades, sejam elas repetitivas ou não.

Não está entendendo o que isso quer dizer? Não se preocupe! Preparamos um conteúdo completo sobre tudo que envolve a IA, como surgiu, como funciona e em que a inteligência artificial pode ajudar o ser humano. Vamos nessa? Boa leitura!

O que é Inteligência Artificial?

A inteligência artificial ou simplesmente IA é um campo da ciência da computação que se concentra no desenvolvimento de sistemas e máquinas capazes de realizar tarefas que, como já mencionamos, exigem a inteligência humana. Isso inclui muitas atividades, como a resolução de problemas, aprendizado, raciocínio, tomada de decisões e uma das principais: compreensão da linguagem natural.

Em relação ao seu funcionamento, a inteligência artificial opera através de uma interação entre algoritmos. Trata-se de uma rede de processos que permite que máquinas aprendam e façam suas escolhas com base em dados e informação.

De certo modo, hoje a inteligência artificial é uma poderosa influência em diversos setores, que surgiu, sobretudo, para transformar a maneira com as empresas operam, por exemplo. Pois, ao integrar esse modelo de tecnologia, as organizações conseguem alcançar maior eficiência e tomar decisões mais assertivas. Em suma, a IA é essencial no ambiente corporativo e sem dúvidas um fator crucial para se destacar entre os concorrentes.

Quais são os 3 tipos de inteligência artificial?

Apesar da visão simplificada da IA já mencionada neste conteúdo, há diferentes tipos de abordagem de inteligência artificial, como aprendizado de máquinas, processamento de linguagem natural e entre muitas outras, cada uma com suas próprias técnicas.

Machine Intelligence

Em português, a Inteligência de Máquina se refere à capacidade de sistemas computacionais, como computadores e robôs, de realizar tarefas que normalmente requerem inteligência humana. Essa tecnologia inclui uma variedade de técnicas, como aprendizado de máquina, algoritmos de busca e outros que permitem que as máquinas processem dados, reconheçam padrões e tomem decisões a partir disso.

Humanoid Intelligence

A Inteligência Humanóide envolve a criação de sistemas ou robôs que interagem com os seres humanos. Eles são projetados para imitar características humanas, como movimentos, expressões faciais, linguagem e até comportamento social. O objetivo dessa IA é desenvolver máquinas que possam trabalhar em estreita colaboração com os humanos em diferentes contextos, como cuidados de saúde e atendimento ao cliente.

Collective Intelligence

Já a Inteligência Coletiva se refere à capacidade de grupos de pessoas trabalharem juntos de forma colaborativa para resolver problemas, tomar decisões e realizar tarefas complexas. Isso pode acontecer por meio de processos de comunicação, compartilhamento de conhecimento e entre outros. Essa IA pode ser observada em uma variedade de contextos, como projetos de crowdsourcing na internet.

Qual é o principal objetivo da inteligência artificial?

O principal objetivo da inteligência artificial é capacitar as máquinas e criar sistemas que possam realizar tarefas diárias de forma autônoma que superem ou repliquem as capacidades humanas em determinados contextos.

Desde sua concepção, a IA tem sido impulsionada para a resolução de problemas e pela melhoria da eficiência em diferentes domínios. Isso é alcançado a partir de uma variedade de técnicas, como aprendizado de máquina, redes neurais artificiais, visão computacional e processamento de linguagem natural.

Seguindo essa linha, a IA surge com a ideia de melhorar a qualidade de vida das pessoas, já que tarefas rotineiras e as vezes perigosas são automatizadas. A tecnologia visa fornecer assistência em áreas como da saúde, transporte, finanças e educação. Além disso, ela pode impulsionar a inovação e criação de novos produtos, serviços e muito mais.

Outro objetivo da inteligência artificial é fornecer insights valiosos a partir de uma série de dados e informações úteis em diversos campos, como a medicina, ciência, negócios, políticas públicas e entre outros. A IA tem a capacidade de analisar e interpretar dados de maneiras que o ser humano não consegue, logo, ela consegue revelar padrões e identificar tendências emergentes.

A IA também é capaz de gerar vantagens e benefícios para os negócios. Uma delas é na organização e maior clareza em dados que podem parecer confusos, consequentemente, gerando maior velocidade no tratamento de informações.

Outro benefício da IA no setor de negócios, é a redução de erros. Essa tecnologia pode ser empregada no monitoramento e sistema de segurança, como a utilização de sensores, câmeras e muito mais.


Quais são as áreas que mais usam a IA?

Até pouco tempo atrás, a inteligência artificial era vista como algo muito distante, como um projeto para o futuro. Hoje podemos ver essa tecnologia aplicada em vários contextos do nosso dia a dia. Existem algumas áreas que fazem o uso extensivo da IA e que continuam, sobretudo, expandido à medida que novas tecnologias são desenvolvidas e aplicadas. Alguns dos setores que mais usam desse sistema são:

Tecnologia da Informação e Computação

Essa é a principal área em que a IA está praticamente inserida, pois foi a partir da Tecnologia da Informação e Computação que esse sistema foi criado. Ele trabalha no desenvolvimento de algoritmos de IA, criação de sistemas de recomendação, segurança cibernética, processamento de linguagem natural, visão computacional, entre outros.

Saúde

A área da saúde foi uma das primeiras a utilizar IA no seu dia a dia. Hoje, esse campo utiliza essa ferramenta para diagnosticar problemas de saúde por computadores, analisar imagens médicas, descobrir medicamentos, gerenciar dados de pacientes e prestar assistência médica remota.

Finanças

Já nas finanças, a IA é aplicada para prever o mercado, detectar fraudes, analisar riscos, gerenciar investimentos, automatizar processos financeiros e até fornecer atendimento ao cliente.

Setor automotivo e transporte

No setor automotivo de transporte, a inteligência artificial íntegra na área de criação de veículos autônomos, na otimização de rotas com sistemas de GPS, manutenção preditiva de veículos, gestão de frotas e outros processos.

Educação

Outra área que mais utiliza inteligência artificial, é o campo da educação. O uso dessa tecnologia serve para melhorar a qualidade do ensino, personalizar a aprendizagem, além de fornecer suporte para aqueles que se prestam a educar. 

As técnicas são aplicadas através de tutoria inteligente (ajuda os alunos a progredirem em seu próprio ritmo a fim de superarem suas dificuldades no processo de aprendizagem); avaliação automatizada (correção e feedbacks imediatos aos alunos na correção de provas, tarefas e redações); simulação e realidade virtual e outros.

Veja também: Os 12 melhores aplicativos de inteligência artificial

Quais são as IA mais usadas?

Antes de destacar as IA mais usadas, é importante lembrar que existem diferentes tipos de inteligência artificial, cada uma com seu processo e técnica diferentes.

Aprendizado de Máquina (Machine Learning)

O Aprendizado de Máquina é uma subárea da inteligência artificial que concentra o desenvolvimento de algoritmos e técnicas para que os computadores aprendam a partir de dados a realizar tarefas específicas. Dentro desse campo existem várias abordagens, são elas: aprendizado supervisionado, aprendizado não supervisionado e o aprendizado por reforço.

Redes Neurais Artificiais

Redes neurais artificiais (RNAs) são um modelo computacional inspirado no funcionamento do cérebro humano, projetado para imitar a maneira como os neurônios trabalham para o processamento de informações.

Processamento de Linguagem Natural (NLP)

O NLP é outra subárea da Inteligência Artificial que concentra a interação entre computadores e a linguagem humana. Seu objetivo é capacitar computadores a compreender, interpretar e gerar texto ou fala em uma linguagem natural. Um grande exemplo é o Chatbot, hoje bastante utilizado para pesquisas e estudos, a exemplo do pioneiro ChatGPT.

Processamento de áudio e voz

Essa é uma área da inteligência artificial que se concentra no desenvolvimento de algoritmos e técnicas capazes de processar e entender dados de áudio e voz. Eles podem incluir sinais de áudio de fala humana, música, ruído ambiental e entre outros.

Visão Computacional

Essa tecnologia permite que os computadores interpretem e compreendam o conteúdo visual a partir de imagens ou vídeos, como a criação de projetos em 3D, análise de movimento e muitos outros.

As IA’s vão substituir os humanos no trabalho?

O debate sobre a polêmica de que a IA é capaz de substituir os humanos no âmbito profissional não tem fim. Isso porque identificamos no dia a dia que essa tecnologia está cada vez mais perto de realizar ainda mais tarefas específicas que substituam completamente a inteligência humana.

É fato que a automação gerada pela IA pode tornar alguns processos de trabalhos mais simples, principalmente aqueles que são repetitivos e mais manuais, em setores como manufatura e atendimento ao cliente. Entretanto, a inteligência artificial pode ser uma grande aliada capaz de criar oportunidades de trabalho na área de inovação e tecnologia.

Em alguns casos, a IA é mais eficaz quando trabalha em conjunto com humanos, como por exemplo na área de medicina. A ferramenta é uma grande companheira dos médicos para fazer diagnósticos mais precisos.

A implementação da inteligência artificial também pode levar à criação de novas oportunidades de empregos em áreas que antes não existiam. Fato é que o impacto dessa tecnologia no aspecto profissional dependerá de como as empresas e organizações receberão os avanços e se serão capazes de se adaptarem à revolução tecnológica. É claro que alguns cargos e funções deverão ser qualificados à medida que a IA trabalha.

Veja também: BARD: entenda como funciona a Inteligência Artificial do Google

No geral, a relação da inteligência artificial e o mercado de trabalho é bastante dinâmica e complexa. Mas e você, gostou de entender como funciona a inteligência artificial, como surgiu e qual o impacto dela no nosso dia a dia? Que tal visitar outros conteúdos relacionados com este tema? Navegue pelo nosso blog!

Texto escrito por: PRASABER
x

Estude o que sempre sonhou com o financiamento estudantil.

Faça faculdade pagando menos por mês com o Pravaler.

Pesquisar

Artigos Relacionados

X Assine nossa newsletter