Faça uma simulação com o Pravaler Icone seta
Curso de Física: saiba como se tornar um Físico Curso de Física: saiba como se tornar um Físico

Curso de Física: saiba como se tornar um Físico

Uma das mais procuradas formações dentro da área de Exatas é o curso de Física, o qual mescla fórmulas com questões que estão ao nosso redor. Por ser uma profissão que exige bastante dedicação desde o início, as oportunidades atuais do mercado de trabalho oferecem uma remuneração à altura.

A fim de estar apto a uma carreira de sucesso como físico ou física, o aprendizado de qualidade não deve faltar e você pode contar com as instituições de ensino superior brasileiras para isso.

Em relação à carreira em si, sabemos que muitas dúvidas surgem. Quem faz faculdade de Física pode trabalhar em quê? Qual o salário de um físico quântico? Quanto ganha um profissional em Física? Essas e outras informações estão explicadas a seguir para você ficar por dentro do assunto.

O que os físicos estudam?

Compreender os fenômenos da natureza, como eles acontecem e o funcionamento de cada corpo que ocupa o universo é uma parte do escopo de estudo dos físicos. Dessa forma, no curso de Física a formação irá passar pelos conceitos, assim como as suas aplicações práticas, que são regidos por leis.

O que se aprende em sala de aula é definido pelas instituições de ensino superior ao considerarem em qual parte dessa área do conhecimento preferem dar foco, como nos segmentos de pesquisas ou em habilidades que serão utilizadas nas carreiras em indústrias, órgãos públicos, Engenharia e outras.

No entanto, de modo geral, as disciplinas que estão presentes na maioria das grades curriculares dos cursos de Física de todo o Brasil são as seguintes:

  • Fundamentos da Física, ou Física Básica
  • Física Moderna
  • Física Nuclear
  • Física Quântica
  • Eletromagnetismo
  • Cálculo
  • Ondulatória
  • Estrutura da Matéria
  • Termodinâmica
  • Astronomia
  • Mecânica

Como é o curso de Física?

Pode-se afirmar que, como qualquer outra graduação, o curso de Física deve preparar o estudante para ter as habilidades indispensáveis para atuar na carreira, independentemente de qual for a especialização escolhida ao término da formação inicial no ensino superior.

Para isso, o curso de Física é dividido em duas modalidades: a licenciatura e o bacharelado. A primeira possibilita a formação para se tornar um professor ou acadêmico, enquanto a segunda é específica para atuar no mercado de trabalho em empresas e organizações. Veja as diferenças de cada tipo de curso a seguir.

Licenciatura em Física

Se você tem ambição de dar aulas e ensinar as próximas turmas de estudantes de Física, a licenciatura é a opção mais indicada. Ao escolher essa trajetória, junto com os conhecimentos sobre a área de conhecimento em questão, também será aprendido temáticas relacionadas ao ensino, como didática, planejamento educacional e mais.

Com o diploma do curso de Física como licenciatura, você poderá atuar em salas de aulas de diferentes níveis, como no ensino fundamental e médio das escolas brasileiras a espaços do ensino superior, em opções de graduações e de pós-graduações, caso conquiste também diplomas de especialização para este último.

Além disso, igualmente haverá trabalho como professor em cursinhos de pré-vestibular e cursos técnicos, ou ainda como professor de aulas particulares.

Média salarial

Um fator que muitas pessoas levam em consideração quando se trata de decidir qual caminho de uma determinada carreira seguir é a remuneração. Se esse é um ponto importante para você optar pela licenciatura em Física, saiba que a média salarial desta profissão é de R$ 3.000.

Mas, lembre-se: esse valor se refere a uma estimativa e na realidade poderá ser para mais ou para menos dependendo de onde for o local de trabalho, a instituição de ensino superior, a jornada de trabalho e o cargo efetivamente dentro da hierarquia institucional.

Bacharelado em Física

A segunda formação em Física é como bacharel, o que o tornará apto para atuar nas oportunidades de emprego de diversos setores. Isto é, o diploma de bacharelado está relacionado com o aprendizado de atividades, conhecimentos e técnicas que serão frequentemente usadas no dia a dia de empresas ou em trabalhos com pesquisas.

Entre as áreas de atuação mais costumeiras para um físico com bacharelado estão as seguintes: indústrias relacionadas com Engenharia, Medicina, transportes e outras organizações de diferentes portes, órgãos públicos, laboratórios e centros de pesquisas, entre outros. É realmente amplo o leque de possibilidades existentes para o profissional da Física.

Média salarial

A média salarial para o profissional bacharel em Física pode atingir valores mais altos do que na licenciatura, principalmente se for na área de pesquisa. Nos tempos atuais, a remuneração estimada é de R$ 5.000 a R$ 13.000, conforme o cargo da oportunidade, a região do trabalho e os demais aspectos que citamos acima.

Quantos anos leva o curso de Física?

Tanto para as licenciaturas quanto para o bacharelado, o curso de Física requer um período de 4 anos para ser concluído. São necessários em média oito semestres para aprender os conceitos fundamentais desta profissão, realizar o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e o estágio.

Durante esse período de formação, haverá disciplinas introdutórias no começo do curso e outras mais específicas do meio para o final, assim como a possibilidade de participar de matérias complementares, como as chamadas optativas, ao seu aprendizado caso a sua instituição de ensino superior ofereça essa experiência.

Qual o valor de um curso de Física?

Apesar de ser disponibilizado em universidades públicas, o curso de Física está ainda mais presente nas faculdades particulares. Neste caso, é preciso pagar um determinado valor como mensalidade e você pode encontrar os mais diversos preços para realizar essa formação.

Por exemplo, nas instituições de ensino superior particulares renomadas as mensalidades estão por volta de R$ 800, mas há como se inscrever em faculdades mais acessíveis ou se inscrever nos processos seletivos que concedem bolsas de estudo e financiamentos estudantis.

Como cursar Física pagando menos?

Em instituições de ensino superior particulares, pagar a faculdade deve ser relacionado com um investimento que está fazendo em sua futura carreira e no seu aprendizado para se tornar um bom profissional. Porém, sabemos que esse valor impacta o seu orçamento ou da sua família, de forma que costuma ser uma preocupação para muitos estudantes.

A boa notícia é que tem se tornado cada vez mais comum ser facilitado o acesso a alternativas que irão te ajudar a estudar Física nas faculdades privadas sem que o valor em questão prejudique o seu bolso.

Sisu para Física

O primeiro jeito de cursar Física pagando menos é por meio do Sistema de Seleção Unificada, o que auxilia no ingresso a instituições de ensino superior públicas que têm esse curso em seu catálogo. O Sisu é um programa do Governo Federal que concede o acesso ao ensino de qualidade por meio de uma seleção de candidatos.

Tal seleção se faz por meio da nota do Enem obtida por você, e de acordo com o seu desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio, da edição mais recente. A redação precisa ter sido avaliada com nota maior do que zero e para ser selecionado, você tem que estar de acordo com a nota de corte do Sisu para Física.

Caso você não saiba, a nota de corte do Sisu é a pontuação mínima a ser alcançada para participar da seleção do programa e varia de uma edição para a outra, sendo informada no período da inscrição.

Se você já tem a sua nota do Enem mais recente, conte com o nosso simulador Sisu para saber se passaria na seletiva.

CTA simulador sisu

Bolsa para Física

Seja com programas governamentais ou com faculdades particulares, a bolsa de estudos é ideal para te beneficiar ao adicionar um determinado desconto no valor da mensalidade do curso de Física.

Muitas faculdades costumam indicar no seu vestibular se há oferta de bolsas de estudos ou colocam à disposição programas à parte para selecionar os novos estudantes que têm direito a esse benefício.

Outra opção ainda é o Prouni, um programa público que seleciona os estudantes inscritos no processo seletivo com a nota do Enem e são selecionados aqueles que cumprirem com todos os critérios obrigatórios.

Ah, e você sabia que no Amigo Edu você consegue encontrar a bolsa de estudos que for melhor para você? Nesta plataforma online estão reunidas várias opções para o curso de Física e estão esperando por você.

Cta Graduacao Bolsa De Estudos Amigo Edu

Financiamento para Física

Para concluir, há mais um modo de estudar Física pagando menos: ao contratar um financiamento estudantil. Igualmente disponível com empresas privadas ou pelo Governo Federal através do Fies, essa modalidade de crédito pode ajudar com que você estude uma graduação com parcelas mais adequadas ao seu orçamento.

Ao escolher o melhor financiamento estudantil para você, não deixe de consultar as regras e condições de pagamento, conferir os valores das parcelas e das taxas para fazer um ótimo negócio.

Vale a pena estudar Física com o Pravaler?

Nós somos a maior empresa de crédito estudantil privada do País e queremos te ajudar a estudar Física pagando menos. Se esse é o seu curso dos sonhos, saiba que temos as menores parcelas possíveis e taxas de juros mais baixas.

Aqui no Pravaler, mais de 300 mil estudantes brasileiros já foram beneficiados e puderam concretizar os seus sonhos com uma formação de alta qualidade. Faça a sua simulação com a gente e descubra mais sobre as nossas vantagens!

Prv_novos_ctas_veteranos_1

Texto escrito por: PRASABER
x

Estude o que sempre sonhou com o financiamento estudantil.

Faça faculdade pagando menos por mês com o Pravaler.

Pesquisar

Artigos Relacionados

X Assine nossa newsletter