Curso Técnico em Radiologia – saiba tudo sobre a profissão Curso Técnico em Radiologia – saiba tudo sobre a profissão

Curso Técnico em Radiologia – saiba tudo sobre a profissão

Radiologia é o estudo dos raios X e dos campos radiativos para diagnósticos de doenças. É um método feito por imagens que possibilita ao médico a obtenção de informações com maior rapidez e eficácia.

Devido a investimentos cada vez maiores na medicina diagnóstica, a profissão está ganhando espaço no mercado de trabalho e o técnico em radiologia se faz cada vez mais um profissional procurado. Por isso, muitos estudantes buscam saber sobre a profissão e conhecê-la melhor para decidirem se ela é uma boa opção.

O curso técnico em radiologia

De modo geral, um técnico em radiologia atua na área da saúde e é responsável por operar e preparar equipamentos radiográficos para diversos procedimentos. Os campos de atuação são diversos e este profissional pode trabalhar em clínicas, hospitais, unidades básicas de saúde, pronto-socorro e centros de diagnóstico por imagem.

Um curso técnico é uma ótima opção para quem deseja alcançar sua capacitação com conhecimentos técnicos e teóricos voltados para o mercado de trabalho. Mas, antes Antes de ingressar no curso, o candidato deve ter uma ideia clara quanto a sua aptidão, não apenas nessa carreira, mas para todo e qualquer setor. Continue acompanhando o post que iremos te contar um pouco mais sobre o curso técnico em radiologia!

Como funciona é o curso técnico em radiologia?

O curso capacita o profissional para operar equipamentos de raio-X, conforme o ramo e as normas nacionais e internacionais de segurança. Além disso, proporciona conhecimentos práticos e técnicos de preparo no posicionamento anatômico para adquirir imagens adequadas ao estudo solicitado e demais procedimentos de radioproteção.

A carga horária do curso é, em média, de 1.600 horas e a grade curricular pode variar de uma instituição para outra, mas no geral, entre as disciplinas estão: práticas radiológicas, fundamentos básicos de enfermagem e saúde coletiva, técnicas de radiografia, física aplicada, proteção radiológica, anatomia, fundamentos básicos em tomografia computadorizada, mamografia, ressonância magnética e densitometria óssea.

Durante o curso, além das atividades curriculares, o estudante tem as extracurriculares – preparação para o estágio e o trabalho de conclusão. O estágio é obrigatório e os alunos só receberão o diploma de técnico em radiologia após cumprirem carga horária mínima de 400 horas de estágio realizando atividades relacionadas ao exercício da profissão de técnico em radiologia.

Quem pode fazer um curso técnico em radiologia?

Para se matricular em um curso técnico em radiologia, o candidato pode estar cursando o ensino médio ou pode optar para depois que o concluir – em algumas instituições é requisito ter 18 anos, em outras, a partir dos 16 anos. Para a obtenção do diploma técnico, é necessária a conclusão do ensino médio.

Áreas de atuação

O campo de atuação na radiologia é bastante amplo e conta com muitas oportunidades de emprego, tanto na área médica como na odontológica. Vamos conhecer algumas atividades da área:

  • Radiologia convencional (raio-X);
  • Radioterapia;
  • Ressonância magnética;
  • Radiologia industrial;
  • Mamografia;
  • Tomografia computadorizada;
  • Medicina nuclear;
  • Densitometria óssea;
  • Radiologia odontológica;
  • Radiologia veterinária;
  • Irradiação de alimentos;
  • Docência e pesquisa.

Tipos de curso

Os cursos da área da saúde requerem muitas aulas práticas e presenciais para que a formação seja de qualidade. Por isso, vamos explicar melhor como funciona cada tipo:

EAD

Na grade curricular do curso técnico em radiologia existem disciplinas que possuem aulas em laboratórios, então o curso não está disponível a distância. A melhor opção para a formação em radiologia EAD é o curso superior de tecnólogo, pois o tempo médio é parecido com o técnico médio e ainda você poderá atuar como chefe de equipe e com diversos procedimentos complexos.

No nosso blog você encontra um material completo para saber a diferença entre curso técnico e tecnólogo. Confira!

Semipresencial

Assim como no curso EAD, o semipresencial também não está disponível. Como já falamos, no curso em radiologia há uma necessidade ainda maior de aulas práticas e presenciais, pois os alunos participam de aulas em laboratórios para aprender a manipular equipamentos e fazer experimentos e testes.

Presencial

O curso presencial tem duração de 2 anos e prepara os futuros profissionais para atuarem com serviços de diagnóstico por imagens, tendo as habilidades necessárias para oferecer um atendimento ético e humanístico aos pacientes. Nos primeiros semestres as aulas são mais teóricas, logo depois iniciam-se as aulas práticas em laboratórios.

A carga horária do curso é, em média, de 1.600 horas e, além das atividades curriculares, o estudante tem as extracurriculares, a preparação para o estágio e o trabalho de conclusão. Ao final do curso, o aluno está qualificado para operar equipamentos de diagnóstico por imagem, utilizados tanto na área médica quanto na industrial.

Qual o salário de um técnico em radiologia?

O piso médio salarial de um técnico de RX equivale a dois salários regionais + adicional 40% de insalubridade ou periculosidade por radiação ionizante (artigos 16 da Lei 7.394/85 e 31 do Decreto nº 72-790/86).

De acordo com o Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia (CONTER), o piso varia entre R$ 2.129 a R$ 6.995. A média salarial fica na faixa de R$ 1.600,00, podendo variar de acordo com a região e experiência do profissional. Quanto a jornada de trabalho, a regra é que seja de 8 horas diárias, sendo 44 horas semanais e 220 mensais.

Onde fazer curso técnico em radiologia?

Cursos técnicos presencial

  1. Senac;
  2. Centro Universitário São Camilo;
  3. Faculdade Método de São Paulo (Famesp);
  4. Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc);
  5. Universidade de Ribeirão Preto (Unaerp).

Qual a duração média de um curso técnico em radiologia?

Segundo o Catálogo Nacional de Cursos Técnicos (CNCT), documento homologado pelo Ministério da Educação (MEC), o tempo de duração do curso técnico em radiologia é de 18 meses (aproximadamente 2 anos, contando com os períodos de férias), dividido em módulos, totalizando 1.600 horas.

Diploma e certificado

Fazer um curso técnico é, sem dúvidas, um caminho mais rápido para o mercado de trabalho. Esse tipo de formação qualifica o aluno para começar logo a trabalhar e atende a uma grande carência do mercado por profissionais de nível técnico.

Muita gente ainda tem dúvidas sobre o diploma e certificado deste tipo de curso. Então, saiba que todas as unidades de ensino do país credenciadas para a oferta de cursos técnicos de nível médio devem estar cadastradas no Sistec (Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica), instrumento que garante a autenticidade e validade do diploma em âmbito nacional.

Então, ao se inscrever em uma instituição, certifique-se de que ela é cadastrada e autorizada pelo MEC, o que garantirá um certificado válido no mercado de trabalho. É importante observar que a conquista de um diploma de curso técnico não inviabiliza, no futuro, a entrada em um curso superior. A passagem por um curso técnico só qualifica ainda mais o estudante que está em busca de um novo diploma.

Possibilidades de certificação intermediária

Também há possiblidade de uma certificação intermediária, confira:

  • Auxiliar de Laboratório de Saúde;
  • Auxiliar de Radiologia.

Possibilidades de especialização técnica

Além dos campos de atuação que já citamos após a formação do curso técnico, o profissional em radiologia pode se especializar ainda mais. Conheça as possibilidades de especialização técnica:

  • Tomografia computadorizada;
  • Técnica em ressonância magnética;
  • Densitometria óssea;
  • Radiologia forense e radiologia industrial.

Possibilidades de verticalização para cursos de graduação superior

O curso técnico ainda abre portas para cursos superiores em:

Você sabia que o PRAVALER também oferece financiamento para cursos técnicos? Então, quando for escolher a universidade, não se esqueça de conferir se o PRAVALER está presente. Nós te ajudamos a realizar o sonho de dar continuidade nos estudos!

Quero receber notícias do Pravaler

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o Pravaler em primeira mão.