Faça uma simulação com o Pravaler Icone seta
Curso de Biomedicina: saiba como se tornar Biomédico Curso de Biomedicina: saiba como se tornar Biomédico

Curso de Biomedicina: saiba como se tornar Biomédico

Os estudantes que gostam das áreas de Biológicas e de Medicina podem encontrar na Biomedicina, também conhecida como uma área dentro das Ciências Biológicas, um excelente caminho para as suas carreiras. Esta profissão é, principalmente, dedicada a estudar diversas doenças a fim de melhor entendê-las.

Neste artigo vamos explicar para você o que é o curso de Biomedicina, os valores das mensalidades, quais são as principais universidades do Brasil por região, quais são as especializações na área e muito mais. Você não vai querer perder! Continue acompanhando e venha com a gente.

O que faz um Biomédico?

O curso superior de Biomedicina é a graduação, na modalidade de bacharelado, que forma o biomédico. Esse profissional é o responsável por estar a frente de pesquisar as mais variadas doenças, de entendê-las e controlá-las, assim como trabalhar no desenvolvimento ou aprimoramento dos medicamentos que a sociedade consome.

Além de ser formado com o diploma no curso de Biomedicina ou Ciências Biológicas, para atuar na Biomedicina é necessário ter o registro no Conselho Regional de Biomedicina (CRBM). Após essas etapas, o biomédico pode trabalhar em laboratórios, institutos de pesquisa e em universidades. Ou seja, há diferentes frentes de atuação dentro dos estudos que citamos acima.

O biomédico é quem se aprofunda na observação e análises das células que compõem o organismo dos seres humanos e como elas se comportam frente aos vírus que podemos ter contato, as bactérias e outros microrganismos. Esse profissional não estará em consultas médicas ou em cirurgias, por exemplo, mas tem um papel essencial no aperfeiçoamento de como lidamos e combatemos doenças presentes na sociedade.

Para se tornar um biomédico ou biomédica de sucesso, é preciso ter dedicação e não se preocupar em ficar boas horas estudando durante os anos de formação. Afinal, essa é uma profissão que exige saber muitos conhecimentos e experiências práticas.

Como é o curso de Biomedicina?

Uma dúvida comum é sobre como é o curso de Biomedicina. A profissão foi regulamentada por volta dos anos 1970 e desde então estão surgindo cada vez mais instituições de ensino superior privadas e públicas que oferecem essa carreira, sendo constantemente atualizados e modernizados.

Tendo como objetivo o estudo da saúde humana, essa graduação normalmente é escolhida por quem tem vontade de investigar doenças e trabalhar a fim de minimizá-las ou até mesmo encontrar suas respectivas curas. É considerado como um dos cursos mais novos da área da saúde, e por isso, está sendo bastante procurado como uma alternativa que engloba importantes setores de conhecimento desse meio.

Como as disciplinas do curso de Biomedicina são voltadas para os estudos dos microrganismos que causam enfermidades, são encontradas matérias básicas da área da saúde e outras mais específicas, como Citologia, Fisiologia, Biofísica e outras mais que iremos listar para você a seguir.

Outra informação importante sobre o curso de Biomedicina é a nota de corte, a qual é reconhecida como a pontuação mínima a ser obtida no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e que funciona como um dos critérios de seleção de estudantes que querem vagas em universidades públicas. Para esse curso, a nota de corte fica na média dos 750 pontos, sendo a nota mínima de 680 pontos e a máxima de 830 pontos.

Grade curricular do curso de Biomedicina

Para entender sobre o curso de Biomedicina e o que faz este profissional, é recomendado conhecer a grade curricular desta graduação, a qual é composta por aulas relacionadas com a Biologia, Química e diversas áreas de conhecimento.

Essas são as disciplinas que você terá contato a cada semestre ao longo de todo o curso de Biomedicina. Cada instituição de ensino superior, independente se for pública ou particular, pode montar a sua própria matriz de aulas, adicionando mais ou menos matérias práticas e teóricas.

Confira abaixo algumas das principais disciplinas que fazem parte do curso. Olha só:

  • Anatomia
  • Anatomofisiologia Geral
  • Bioengenharia e Biotecnologia
  • Biologia Molecular
  • Bioquímica Metabólica
  • Biossegurança
  • Citopatologia
  • Coleta de Material Biológico
  • Diagnóstico por Imagem
  • Diagnóstico Clínica Laboratorial
  • Embriologia e Reprodução Humana
  • Farmacologia
  • Genética Clínica
  • Hemoterapia e Banco de Sangue
  • Histologia
  • Imunologia
  • Interpretação Clínico Laboratorial
  • Microbiologia Clínica
  • Micologia
  • Métodos Epidemiológicos
  • Parasitologia
  • Políticas e Programas de Saúde
  • Química e Bioquímica
  • Radiológica
  • Toxicologia e Análises Toxicológicas

As disciplinas podem divergir entre uma universidade e outra. Por isso, ao ter em mente quais instituições de ensino superior você tem interesse em cursar Biomedicina, consulte e se informe sobre a grade curricular da faculdade em questão. Assim, você pode até mesmo comparar quais são as melhores opções e o que você irá estudar como graduando.

Além disso, a grade curricular de Biomedicina é ampla para que prepare e forme jovens profissionais que estejam à altura do mercado, o qual apresenta variados caminhos para as suas respectivas carreiras, como o trabalho de analisar clinicamente em laboratórios, se será professor ou se irá fazer parte de outras instituições.

Duração do curso de Biomedicina

São muitos os estudantes interessados em Biomedicina que querem saber o tempo de curso. Afinal, esse período representa uma importante fase da vida tanto acadêmica e profissional quanto pessoal.

A duração do curso de Biomedicina é de quatro anos em média, ou seja, exige a sua dedicação e muitas horas de estudos ao longo de 8 semestres. É mais ao final deste tempo em que deve começar a ser desenvolvido o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), ou seja a monografia, e em que o estágio obrigatório deve ser realizado.

Estágio em Biomedicina

Do mesmo modo que as outras graduações, o curso de Biomedicina também requer que o estudante cumpra o período de estágio, podendo ser de mais ou menos um ano e que acontece nos últimos semestres do curso. Só após a comprovação das horas realizadas é que será possível pegar o diploma.

Essa é uma excelente fase para aplicar os conhecimentos aprendidos em sala de aula e laboratórios da universidade em locais de trabalho reais, de forma que seja testado na prática tudo aquilo que foi aprendido com os professores durante cada semestre.

O estágio é reconhecido como uma experiência muito rica e fundamental para o currículo. Também é o período que pode ajudar o estudante quase formado em Biomedicina a entender quais carreiras e caminhos profissionais deseja seguir depois de sua formação na instituição de ensino superior, já que são muitas as opções de empresas e instituições para estagiar.

Qual o valor de um curso de Biomedicina?

Saber qual é o valor do curso de Biomedicina costuma ser uma questão de grande importância para quem está na fase de pré-vestibular, já que para escolher a universidade o custo da mesma pode influenciar bastante.

Descobrir quanto custa um curso de Biomedicina não é difícil: segundo o site Guia da Carreira, as mensalidades desta graduação podem variar de R$ 700 a R$ 1500, e em algumas universidades têm valores ainda mais altos.

Mas sabia que o curso de Biomedicina e o valor das mensalidades não precisam ser um problema nem uma preocupação para você? A seguir, iremos explicar o porquê e quais são as alternativas mais populares atualmente!

Como cursar Biomedicina pagando menos?

Hoje em dia milhares de estudantes encontram alternativas para financiarem e pagarem os seus estudos, principalmente as altas mensalidades das graduações em instituições de ensino superior privadas.

Há opções oferecidas pelo governo federal e outras disponibilizadas por empresas privadas, de forma que cada alternativa destas apresente certas características, condições e regras. Quer saber quais são as principais modalidades disponíveis e cursar Biomedicina pagando menos? Fique por dentro:

Sisu

O Sisu (Sistema de Seleção Unificada) é uma das alternativas de fazer o seu ensino superior em Biomedicina sem pagar caro a cada semestre. O programa funciona como um processo seletivo lançado pelo governo federal em parceria com o MEC (Ministério da Educação) que tem como foco principal ajudar que os jovens estudantes de baixa renda possam estudar em instituições públicas com mais facilidade e de um jeito justo, e o qual é realizado a cada semestre.

Com o Sisu, o estudante precisa realizar apenas o Enem e usar a nota tirada em cada parte da prova (Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Matemática e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias) para se inscrever no processo seletivo do programa. Também não deve ter zerado a redação.

A seleção é feita a partir da nota de corte do Sisu, isto é, a nota mínima que precisa ser tirada pelo candidato para que ele possa concorrer à vaga na universidade pública de seu interesse. Todas as etapas deste processo seletivo são realizadas de forma virtual, sendo necessário ter apenas internet e as informações necessárias para fazer o cadastro pelo site oficial do Sisu.

A inscrição é gratuita e possibilita que até duas opções de vagas sejam escolhidas, as quais devem ser colocadas em ordem de preferência. Em seguida, consegue o benefício quem tiver a melhor nota dentre todos os candidatos para a mesma faculdade, turma e modalidade. E é importante lembrar que as notas de corte podem variar entre cada universidade.

O Sisu não requer comprovação de renda como alguns outros programas. Além disso, existem duas formas de concorrer à vaga para estudar em universidade pública: vagas de ampla concorrência e vagas de ações afirmativas. No caso destas segundas, há diferentes grupos sociais nos quais você, candidato, pode se inscrever, desde que comprove tal condição, como ser autodeclarado preto, parto ou indígena, ser portador de deficiência.

Sabia que você pode ter uma noção de qual é a sua nota no Sisu? Para isso, use o nosso simulador:

Cta Simulador Sisu 600x148

Bolsa de estudos

As bolsas de estudos são maneiras de ter descontos das mensalidades e podem ser encontradas em diferentes formatos, como oferecidas pela própria faculdade seguindo algum critério de seleção, como posição no vestibular ou comprovação de renda, ou ainda disponibilizada pelo governo federal.

Entre as opções de bolsas de estudos disponíveis para estudar Biomedicina pagando menos é possível encontrar as que são totais, isto é, as integrais (cobre o valor de toda a mensalidade), e as parciais (é referente a cobertura de apenas uma parte da mensalidade). Dessa forma, não deixe de conferir qual é a bolsa que você está escolhendo para checar como ficará o seu orçamento em cada semestre.

Existem programas governamentais que disponibilizam bolsas de estudos para os estudantes, como é o caso do Prouni de Biomedicina. Criado em 2014, o Programa Universidade para Todos tem como requisito a nota de corte do programa, ou seja, precisa ter participado do Enem no ano anterior, e alguns critérios de comprovação de renda familiar bruta mensal.

O Prouni também pode ser parcial ou integral, e tem como objetivo abrir os caminhos dos jovens estudantes de baixa renda para que estudem em instituições de ensino superior particulares, o que ajuda a combater a desigualdade do mercado de trabalho. A seleção é feita pela internet, por meio do portal oficial do programa.

Financiamento estudantil

A terceira principal maneira de fazer a tão desejada graduação em Biomedicina é utilizar o recurso de financiamento estudantil. Esse modelo de auxílio financeiro funciona como se fosse um empréstimo de dinheiro e tem sido cada vez mais usado por jovens universitários que querem fazer uma boa faculdade, mas que não têm meios de arcar com todas as despesas.

Existem duas maneiras de conseguir o financiamento estudantil: o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) e os programas oferecidos por empresas privadas, como o Pravaler. O primeiro é um projeto do governo federal e do Ministério da Educação que faz a seleção de estudantes de baixa renda que estão aptos a conseguirem este benefício, ou seja, que estão dentro dos pré-requisitos.

Após serem escolhidos, os universitários não pagam nada durante os semestres em que estão cursando e vão começar a arcar com as despesas após a sua conclusão do curso de Biomedicina. Esse é o diferencial do Fies: você, estudante, faz cada ano da faculdade sem se preocupar com as mensalidades, e retorna o dinheiro para o programa depois de formado.

Veja também: Pravaler ou Fies – afinal qual a melhor opção?

Aproveite agora mesmo para simular o seu financiamento estudantil para o curso de Biomedicina e fique por dentro dos valores desta alternativa.

600x158 Biomedicina

Melhores faculdades de Biomedicina do Brasil

Em todos os cantos do Brasil existem excelentes instituições de ensino superior privadas e públicas para o curso de Biomedicina. Além disso, também existe a possibilidade de optar por aulas presenciais, como o curso de Biomedicina em Campinas e o curso de Biomedicina na USP, ou pela educação à distância.

Quer ver quais são as principais universidades do país e onde elas ficam? Selecionamos algumas para você:

Melhores Faculdades de Biomedicina no Nordeste

  • Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
  • Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC)
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)
  • Faculdade Nobre de Feira de Santana (FAN Feira Sant)
  • Universidade Federal do Piauí (UFPI)
  • Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP)
  • Universidade Salvador (UNIFACS)

Melhores Faculdades de Biomedicina no Norte

Melhores Faculdades de Biomedicina no Sul

  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
  • Universidade Estadual de Londrina (UEL)
  • Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Melhores Faculdades de Biomedicina no Sudeste

  • Universidade de São Paulo (USP)
  • Universidade Paulista (UNIP)
  • Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)
  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP)
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
  • Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
  • Universidade de Franca (UNIFRAN)
  • Universidade Anhembi Morumbi
  • Universidade Federal Fluminense (UFF)
  • Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Melhores Faculdades de Biomedicina no Centro-Oeste

  • Universidade Federal de Goiás (UFG)
  • Universidade Católica de Brasília (UCB DF)
  • Pontifícia Universidade Católica de Goiás

Para escolher uma boa universidade para o curso de Biomedicina, a dica é: confira tudo sobre o corpo docente, a estrutura da faculdade (no caso das que são presenciais), sobre as disciplinas que estão na grade curricular, como é o formato das avaliações e dos trabalhos, a avaliação da instituição feita pelo MEC, além de outras informações que você achar relevante.

Especializações em Biomedicina

Como já dissemos anteriormente, o mercado de trabalho de Biomedicina é repleto de áreas de atuação e existem muitas possibilidades para trabalhar. No entanto, a alta competitividade deste setor exige que os profissionais continuem se atualizando e estudando. Dessa forma, as especializações em Biomedicina passaram a ser ainda mais importantes.

De acordo com o Conselho Federal de Biomedicina (CFBM), atualmente existem 37 alternativas reconhecidas de especializações nesta área, como a Genética Forense, Biomedicina Estética, Análise Ambiental, Anatomia e Patologia Associada, Biologia Molecular e entre outras. Assim, após formado na graduação, o profissional pode escolher entre diversas opções de pós-graduação em Biomedicina.

Continuar estudando em uma especialização pode ajudar a conseguir melhores oportunidades de trabalho, salários mais altos e o reconhecimento como autoridade em determinado nicho da Biomedicina.

Portanto, ao concluir o curso de graduação, não deixe de procurar algumas das possibilidades de pós-graduação que estejam dentro do seu interesse de trabalho e área de estudo, e continue se aperfeiçoando como um excelente biomédico.

Vale a pena estudar Biomedicina com o Pravaler?

Você já está com todas as principais informações sobre o curso de Biomedicina, como os valores das mensalidades e qual é a nota de corte. Dessa forma, provavelmente já está considerando onde estudar e como pagar.

Está pensando em estudar Biomedicina com um financiamento estudantil que oferece muitas vantagens para você? Então, pensou no Pravaler! Vale a pena contar com a gente para realizar o sonho de se tornar um biomédico ou biomédica de sucesso, e nós vamos te falar quais são os motivos.

Nós oferecemos diversas opções de crédito estudantil para você encontrar a que for ideal para você, para seu bolso e para o seu orçamento. Com a gente, as suas parcelas de financiamento não se acumulam porque você primeiro termina de pagar os determinados valores de um contrato para então renová-lo e seguir com as demais parcelas. Vai dizer que isso não é incrível?

Para fazer o seu financiamento estudantil com o Pravaler não precisa ter feito a prova do Enem, o que é uma preocupação a menos e uma facilidade a mais, e também não pedimos que você tenha conta corrente em banco. A contratação você faz quando precisar: seja no começo do seu curso ou durante os semestres, de forma que tanto os calouros quanto os veteranos são bem-vindos aqui com a gente.

As taxas de juros com as quais trabalhamos são mais baixas do que as de outras empresas do mercado e você pode até mesmo encontrar opções de contratos de crédito estudantil que sejam sem juros.

Independentemente disso, em suas parcelas nunca serão cobrados os juros totais porque a instituição em que você estuda, e que é a nossa parceira (temos parceria com mais de 500 faculdades, sabia?), paga uma parte ou totalmente os encargos. Assim, você estuda Biomedicina sem pesar no seu bolso e com uma parcela bem mais vantajosa.

Para conseguir seu financiamento estudantil com a gente, é bem simples:

    1º passo: faça uma simulação da proposta aqui em nosso site. É nessa etapa em que você encontra e escolhe a instituição, o curso e confere os valores das parcelas;

    2º passo: após preencher a proposta com os seus dados e de seu fiador, a nossa equipe e a faculdade selecionada vão fazer a análise de crédito;

    3º passo: estando tudo certinho e aprovado, você nos envia os documentos solicitados;

    4º passo: agora você já pode estudar Biomedicina e, claro, pagando menos todos os meses!

Muito fácil e rápido, não é? Nós não queremos causar dor de cabeça nem ter enrolação. Afinal, ajudar você a começar a sua carreira e vida profissional podendo estar focado totalmente nos estudos é o que importa para nós.

Não deixe para depois e faça já a sua simulação! Estamos com você na jornada da conquista do diploma universitário. Bora estudar? Vem com o Pravaler!

Botao Simule Financiamento 2

Texto escrito por: PRAVALER
x

As principais notícias sobre educação na sua caixa de e-mail. Cadastre-se já!

Saiba mais

Pesquisar

Artigos Relacionados

X Assine nossa newsletter