Faça uma simulação com o Pravaler Icone seta
Graduação: saiba tudo sobre essa modalidade Graduação: saiba tudo sobre essa modalidade

Graduação: saiba tudo sobre essa modalidade

Chegar ao ensino superior é o sonho de muitos estudantes. Essa etapa é chamada de graduação e é o período em que se estuda um curso de faculdade escolhido com base nas áreas de interesse ou nas áreas de atuação do mercado.

Você vai descobrir tudo sobre o que é graduação, quais são os principais tipos, quais são os cursos mais procurados e muito mais! Se você tem interesse nesse assunto, venha com a gente acompanhar esse guia completo sobre tudo o que envolve essa fase tão importante da vida acadêmica.

O que é graduação?

Os anos de estudo podem ser divididos em fases, sendo elas: a educação infantil, o ensino fundamental, o ensino médio e o ensino superior. A graduação faz parte desta última etapa citada, sendo o primeiro nível, e se trata do período em que os estudantes escolhem um determinado curso que será a sua profissão.

Para conseguir a vaga em um curso de graduação é preciso ser aprovado no vestibular, de forma que estudar as matérias escolares é realmente muito importante.

A graduação também é composta por disciplinas, aulas expositivas e aulas práticas, assim como realização de provas e entregas de trabalho. Em algumas áreas tem um ritmo de estudos ainda mais intenso do que no ensino médio, sendo necessário que os alunos sejam dedicados e consigam acompanhar essa rotina.

Após os longos anos de estudo nesta modalidade de ensino superior, os estudantes estão aptos para receber o diploma da graduação. Com esse documento, é possível exercer a profissão na área escolhida e começar a carreira profissional como uma pessoa efetivamente formada.

Para quem tem curiosidade, o significado de graduação é curso de nível universitário, sendo a primeira formação da vida de universidade porque depois ainda podem vir outras especializações, como a pós-graduação.

Tipos de graduação

Você sabia que existem alguns diferentes tipos de graduação? Cada um deles apresenta certas características, como o tempo de duração do curso e o propósito de aplicação prática na profissão. Vamos ver mais sobre essas modalidades?

Veja também: Qual a diferença entre bacharelado, licenciatura e tecnólogo?

Bacharelado

Sendo o modelo mais popular entre os cursos de graduação, o bacharelado prepara o estudante para trabalhar no dia a dia da profissão escolhida. Segundo o MEC (Ministério da Educação), quem se forma como bacharel tem as habilidades e os conhecimentos para atuar na carreira escolhida.

Os cursos de bacharelado podem se estender de quatro a seis anos, tendo aulas práticas e teóricas em cada semestre. Os mais comuns são Medicina, Direito, Odontologia, Arquitetura e Engenharia.

Licenciatura

Já os cursos de licenciatura são reconhecidos por formarem professores. Ou seja, quem se forma como um profissional licenciado está autorizado a dar aulas dentro da área de atuação escolhida, como História, Português, Matemática, Geografia e entre outras disciplinas.

Essa modalidade tem uma duração média de três a quatro anos, de forma que após esse período o estudante possa se tornar professor, já que ele terá aprendido como ministrar as matérias em sala de aula e ensinar os seus alunos.

No entanto, isso é válido para ensino a partir do sexto ano do ensino fundamental e em alguns casos para algumas aulas de especializações de nível superior. Quem deseja dar aula para os mais novos precisa cursar Pedagogia.

Tecnólogo

Para completar a descrição dos tipos de graduação, vamos explicar sobre os cursos denominados de tecnólogo. Eles possuem uma duração menor do que as modalidades apresentadas acima: o aluno se forma com de dois a três anos de estudo.

Veja também: Quem fez um curso tecnólogo pode fazer pós-graduação?

Isso acontece porque eles são mais voltados para as profissões técnicas e envolvem muitas aulas práticas, valorizando a experiência de atuação na vida real. Entre as possibilidades de cursos com essa formação estão Tecnólogo em Enfermagem, Tecnólogo em Gastronomia, Tecnólogo em Logística, Tecnólogo em Segurança do Trabalho, entre vários outros.

Como funciona a graduação?

O jeito de a graduação funcionar não é tão diferente do que foi vivido pelo estudante anteriormente, isto é, os anos de ensino médio e ensino fundamental. Afinal, também é necessário seguir a grade de aulas recomendada pela instituição, participar das atividades como provas e trabalhos, tirar notas igual ou acima da média exigida e ter o mínimo estipulado de presença nas aulas.

Podem ocorrer variações entre os cursos de graduação das faculdades públicas e das privadas, além de existir diferenças no funcionamento entre cursos presenciais e ensino a distância.

Vestibular da graduação

Antes de comemorar a conquista da graduação, é preciso passar pelo temido vestibular e por sua alta concorrência. Esse processo de seleção de candidatos para as vagas disponíveis em cada curso pode ser feito de diferentes maneiras: desde a prova seletiva da própria instituição de ensino superior até a triagem realizada por programas do governo federal.

O Sisu (Sistema de Seleção Unificada) se trata de um sistema governamental unificado de inscrição e aprovação de estudantes que se candidatam para conseguir lugar em uma das instituições de sua escolha. Por meio deste programa, os estudantes podem acompanhar sua posição na seleção e se inscreverem nas faculdades que tiverem mais interesse.

Por exemplo, a nota de corte do Enem é utilizada em muitos processos seletivos, sendo o principal critério para a aprovação de um candidato, como é o caso do Sisu. O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) pode ser considerado como uma das principais avaliações do país, já que tem dimensão nacional e a cada ano seleciona milhares de pessoas para as vagas disponibilizadas pelas mais diferentes universidades.

Se você quer saber mais sobre como seria usar a sua nota do Enem na seleção do Sisu, use o nosso simulador gratuito! Em alguns cliques você descobre se seria aprovado na vaga que você deseja.

Cta Simulador Sisu 600x148

Duração dos cursos de graduação

Os cursos de graduação têm durações diferentes para cada carreira, já que algumas podem ser de dois anos e outras podem chegar a seis anos, como acontece com a faculdade de Medicina, sendo que a duração mais comum é de em média quatro anos.

É comum dividir a duração de um curso de graduação por semestre, visto que a cada seis meses, em média, as disciplinas e a grade curricular são trocadas, desde que o estudante seja aprovado nas matérias do semestre anterior.

Existem algumas modalidades de graduação, como a de instituições de ensino superior gratuitas que são mais flexíveis por ser o aluno que monta a sua grade horária e define quantas matérias terá em cada semestre, fazendo com que o período do curso acabe sendo estendido, por exemplo.

Estágio na graduação

Toda a graduação é uma experiência enriquecedora para os estudantes universitários. No entanto, se tem uma etapa que apresenta ainda mais vivências diferenciadas, é o estágio. Ao longo desse período, o jovem pode atuar na prática da profissão escolhida e já começar a trabalhar com a carreira que escolheu ao entrar na graduação.

Normalmente, a maioria dos cursos de nível superior exigem a comprovação de ter sido realizado um estágio obrigatório, assim como uma quantidade mínima de horas trabalhadas. Sendo imposto ou não, o estágio é uma oportunidade de conhecer a realidade da profissão, trabalhar em diferentes empresas para experimentar as possibilidades, aprender na prática, além de outros benefícios que esse período agrega à vida profissional e acadêmica.

Diploma da graduação

O curso de graduação termina apenas quando o diploma estiver em suas mãos. Esse documento é o que assegura que você pode exercer de verdade a profissão que foi estudada.

Para conseguir o diploma da graduação é necessário seguir os critérios exigidos pela universidade, como entregar o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), as atividades acadêmicas, a comprovação de ter feito o estágio obrigatório, ter a porcentagem mínima de presença nas aulas ao longo do curso e estar aprovado em todas as disciplinas.

Graduação presencial x graduação EAD

Hoje em dia existem dois modelos de graduação, sendo eles os cursos com aulas presenciais e a graduação EAD, ou seja, ensino à distância via internet. Elas têm diferenças entre si, assim como vantagens e desvantagens para os estudantes.

Cada vez mais estão surgindo cursos na modalidade de graduação EAD porque com o avanço da tecnologia permite que mais instituições de ensino superior proporcionem uma boa e completa experiência de educação para os estudantes matriculados nos cursos.

Enquanto a graduação presencial requer que o estudante vá até o campus da faculdade e assista às disciplinas na sala de aula, seguindo os horários estipulados e obrigatórios, a graduação à distância, ou EAD, oferece a possibilidade de que o aluno tenha mais flexibilidade em seus estudos.

Por exemplo, na maioria dos casos de graduação EAD há como assistir às aulas quando quiser, visto que as aulas ficam gravadas e disponíveis na plataforma, e de onde estiver, podendo ser na própria residência, no transporte durante o trajeto para o trabalho, entre outras possibilidades.

Os valores entre essas duas alternativas de cursos de graduação também podem variar. É comum que as opções presenciais tenham mensalidades mais altas, por causa de sua infraestrutura, como salas de aula, laboratórios, biblioteca e demais espaços.

Para saber qual é a melhor modalidade para você, busque saber como é o funcionamento de cada alternativa de graduação, os valores, os requisitos para ver as aulas e outras características que façam sentido para você e para as suas necessidades como estudante.

Principais cursos de graduação

As oportunidades de cursos de graduação atualmente são diversas e para todos os interesses profissionais. Alguns deles são as carreiras mais concorridas, seja por serem vistos como tradicionais – como Direito, Engenharia e Medicina – ou por oferecerem alta remuneração. Separamos quais são os principais cursos e você pode conferir abaixo, divididos por áreas de conhecimento. Olha só!

Graduação na área de Ciências Exatas

A área de Ciências Exatas costuma ser mais atrativa para os estudantes que gostam de números, de raciocínio lógico, resultados precisos e muitos experimentos. Entre as opções mais buscadas de graduação nesse nicho estão os seguintes cursos: Matemática, Química, Física e a graduação em Ciência da Computação.

Os primeiros anos dessas graduações podem ser parecidos por começarem com as matérias mais iniciantes e semelhantes. No entanto, ao decorrer dos semestres, o curso se torna mais específico na área de estudo escolhida e suas respectivas aplicações práticas.

Graduação na área de Ciências Biológicas

Se estudar os seres vivos e como eles fazem parte do ambiente em que estão é mais a sua preferência, o curso de Biomedicina ou Biologia podem ser excelentes escolhas.

Em Biomedicina os estudos têm como foco a pesquisa de doenças, vírus, microorganismos e o modo como eles impactam na saúde humana. Os profissionais dessa área podem trabalhar como pesquisadores em institutos de pesquisa e laboratórios, tendo como objetivo a melhora da qualidade de vida e condições de saúde da sociedade.

Já a graduação em Biologia pode ser tanto a modalidade de bacharelado quanto de licenciatura para aqueles que querem dar aula sobre essa área. As disciplinas presentes neste curso são bastante amplas, como Genética, Anatomia Humana, Zoologia, Microbiologia, Biofísica, Citologia e outras.

Graduação na área de Engenharia

Reconhecida como uma das mais prósperas e renomadas, a área de Engenharia apresenta diversas possibilidades de especializações dentro dessa profissão, como a graduação em Engenharia Civil, Engenharia Mecânica, Engenharia Elétrica, Engenharia Química, Engenharia de Produção, Engenharia da Computação, entre outras.

Veja também: Estágio em Engenharia: tudo o que você precisa saber!

O mercado de trabalho conta com bastante vagas e com bons salários na maioria das especializações, mas é preciso saber lidar com a grande concorrência de profissionais capacitados e dedicados. Por isso, escolher uma instituição de ensino superior que tenha uma educação de qualidade na área de Engenharia pode ser o primeiro passo para se destacar nos processos seletivos do mercado.

Graduação na área de Ciências da Saúde

Cuidar da saúde do próximo, atender aos pacientes, diagnosticá-los, realizar consultas médicas e cirurgias, fazer o acompanhamento em períodos de recuperação e demais atividades. Essas são algumas das principais responsabilidades dos profissionais graduados em cursos da área de Ciências da Saúde.

A graduação em Medicina recebe o destaque desse grupo por ser uma profissão tão bem reconhecida e almejada. Em todos os semestres muitos estudantes prestam os vestibulares deste curso em busca de uma vaga no meio de tantos candidatos. Nesse caso, devem ser cumpridas muitas horas de estudo tanto para entrar, quanto durante a graduação.

Além de Medicina, também fazem parte da área de Ciências da Saúde a graduação em Odontologia, visando a especialização para cuidar da saúde bucal das pessoas, Fisioterapia, a qual trabalha em prol dos movimentos feitos pelo corpo humano e sua recuperação, e a graduação em Enfermagem, que promove os cuidados com os pacientes em diferentes situações.

Ainda precisam ser citadas a graduação em Farmácia, que estuda os componentes presentes nos medicamentos, e Nutrição, a qual é responsável por estudar e trabalhar com uma alimentação saudável a fim de melhorar a qualidade de vida das pessoas que buscam este atendimento.

Graduação na área de Ciências Agrárias

Tornando-se mais procurada por estudantes a cada ano que passa, a área de Ciências Agrárias está expandindo o seu mercado de trabalho e oferecendo as mais variadas possibilidades de carreiras para quem se interessa por essas competências e habilidades. Afinal, as atividades de agricultura e áreas associadas representam uma importante parte da economia nacional.

Por exemplo, na graduação de Agronomia as disciplinas estão diretamente relacionadas com o agronegócio, com o planejamento do cultivo e da lavoura, e outras responsabilidades para com a sociedade visando a alimentação das pessoas.

Por outro lado, a graduação em Medicina Veterinária forma os profissionais que irão cuidar de todas as espécies de animais, sendo eles domésticos, de criação ou selvagens. É essencial saber como atendê-los e solucionar possíveis problemas de saúde que possam apresentar.

A graduação em Zootecnia também faz parte da composição desse grupo de profissões. Essa carreira tem ligação com os cuidados com os animais, assim como Medicina Veterinária, mas com foco na criação, reprodução e desenvolvimento dos animais, principalmente os de rebanhos.

Graduação na área de Ciências Sociais

Com o objetivo de estudar tudo aquilo que envolve a sociedade e seu jeito de funcionar, a área de Ciências Sociais agrupa carreiras bastante populares e procuradas, como a graduação em Administração, Direito, Economia, Arquitetura, Turismo, além de diversas profissões.

As formas de atuação dessas carreiras são amplas e podem estar à frente de diferentes estudos de fenômenos da sociedade em que vivemos, como manifestações religiosas e políticas, conflitos sociais, costumes e hábitos, entre várias outras.

Graduação na área de Ciências Humanas

Além de profissões que estudam a sociedade como um todo, existem as carreiras que têm como finalidade estudar o indivíduo em si. Os cursos da área de Ciências Humanas são compostos por graduações que se aprofundam nos conhecimentos do ser humano e suas relações com os outros e com tudo ao seu redor.

As principais alternativas nesse grupo de área de estudo são as seguintes: Filosofia, História, Geografia e Psicologia. Apesar de terem algumas disciplinas em comum durante os anos de graduação, cada uma dessas carreiras é direcionada para um determinado conhecimento sobre as pessoas.

Graduação na área de Letras e Artes

Os estudantes que são mais conectados com o lado artístico e intelectual podem se apaixonar pelas graduações na área de Letras e Artes. São carreiras que estimulam o pensamento crítico e a criatividade, visto que a expressão artística também reflete o interior e o exterior.

Na graduação de Letras é possível se formar no bacharelado ou na licenciatura. Essa é uma área que estuda a Língua Portuguesa, ou outras dependendo da escolha ao se matricular, sua gramática, fonética, sintaxe e a literatura.

Durante o curso de Artes Visuais o estudante tem contato com as mais variadas formas de expressão artística: fotografia, ilustração, direção de arte, designer, cenógrafo e muito mais. Nessa carreira os caminhos de atuação após formado são bastante diversos e podem atender a todos os tipos de criativos.

Como ingressar em um curso de graduação?

Para fechar o nosso guia super completo sobre graduação com chave de ouro não poderíamos deixar de explicar para você como faz para ingressar em um curso de nível superior.

No caso das instituições de ensino superior privadas é preciso pagar mensalidades, sendo valores que variam entre cada curso e entre as faculdades que oferecem a graduação em questão. Dessa forma, muitos estudantes buscam maneiras de arcar com essas despesas sem sufoco.

Veja algumas das principais maneiras de conseguir um benefício financeiro para pagar a sua graduação a seguir.

Bolsa de estudos para graduação

As bolsas de estudo das universidades são almejadas por grande maioria dos jovens estudantes. Com elas, há como diminuir o valor a ser pago na mensalidade ou ainda ficar isento do valor total, no caso das bolsas integrais.

Para conseguir uma bolsa de estudos para a sua graduação, você pode recorrer a diferentes alternativas, como as oferecidas pelo governo federal ou as que as próprias instituições de ensino disponibilizam para os seus alunos.

Dentre as opções governamentais tem o Prouni (Programa Universidade para Todos), que tem como objetivo ajudar que os estudantes de baixa renda consigam vagas em faculdades que oferecem uma educação de qualidade. Essa bolsa de estudo requer que o estudante esteja dentro de alguns critérios, como a renda familiar média mensal, e que tenha uma pontuação no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) que seja maior ou igual à nota de corte do curso de interesse.

Outra maneira de ter uma bolsa de estudos para faculdade é descobrindo se a universidade que você deseja ingressar disponibiliza algum tipo de benefício em que concede desconto na mensalidade dos primeiros colocados do vestibular, por exemplo.

Se você quiser deixar o processo de encontrar a bolsa de estudos perfeita, acesse a plataforma Amigo Edu e encontre esse auxílio para os seus estudos.

Bolsas de estudo Amigo Edu

Financiamento estudantil para graduação

O financiamento estudantil também é um jeito de pagar menos ao estudar em faculdades particulares. Esse modelo de ajuda financeira funciona como um crédito destinado especialmente aos estudantes universitários, e também tem opções privadas e governamentais.

Utilizado por centenas de estudantes a cada ano, o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) tem como principal característica o fato de só pagar as parcelas desse empréstimo ao final da graduação, ou seja, após estar formado.

E no caso dos financiamentos disponibilizados por empresas privadas uma ótima opção é o Pravaler, uma possibilidade para quem não quer lidar com burocracia nem complicações ao pagar os seus estudos.

Com a gente, você financia seus estudos e paga menos todos os meses. Quer saber mais? Faça já a sua simulação e comece a estudar o quanto antes!

Botão para Simular Financiamento 2

Texto escrito por: PRASABER
x

As principais notícias sobre educação na sua caixa de e-mail. Cadastre-se já!

Saiba mais

Pesquisar

Artigos Relacionados

X Assine nossa newsletter